Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Do mangue, pescador tira sustento da família

O Liberal

Zildo André do Rosário da Silva, 52 anos, mais conhecido Seu Boneco, mora no município de Tracuateua, no nordeste do Pará, cidade vizinha a Bragança. E tem, “por baixo”, como ele mesmo diz, 30 anos de manguezal. Começou a trabalhar ainda criança, acompanhando o pai. “O estudo (naquela época) não era como hoje”, disse, ao falar sobre as dificuldades de acesso ao ensino formal e situação social e financeira da família.

Seu Boneco falou da importância do manguezal na vida dele. “O manguezal fez eu sustentar a minha família, tirar o sustento”, afirmou. Atualmente, trabalha no manguezal, de onde tira o caranguejo três vezes por semana – terça, sexta e sábado. Nos demais dias, pesca. Tem um barco e uma canoa. Seu Boneco também falou sobre a importância de se preservar o manguezal, tanto para o meio ambiente quanto para as pessoas que dali tiram o seu sustento.

VEJA MAIS

Costa amazônica brasileira possui mais de 80% dos manguezais do País A maior ameaça a esses ecossistemas ainda é o assentamento humano

Reportagem
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!