Diego Santos

Marketing Digital

Publicitário, especialista em Comunicação em Redes Sociais e trabalha com Marketing Digital desde 2010.. Sócio da Arena Vindi, executivo de contas em O Liberal e diretor do CONJOVE. Morou em São Paulo, onde trabalhou no Portal UOL, Carsale e Sucursal de O LIberal. Professor do Cesupa e Estácio IESAM; possui certificações em Inbound Marketing (Resultados Digitais) e SEO (Agência Mestre).

Você sabe onde seus clientes e prospects gastam tempo online?

Com a chegada das mídias sociais digitais, o consumidor passou a deixar rastros sobre suas atividades

Diego Santos

Os anunciantes das mídias antigas costumam depender de pesquisas de mercado, como Ibope, Marplan etc. Em muitos casos, a pesquisa ficava muito suscetível a falhar:

  • Como saber quem é que está ouvindo ou vendo a TV?
  • Qual o sexo, idade, preferências e direcionamentos políticos dessa pessoa?

A resposta é: “A pesquisa revela dados aproximados, monitorando duas mil pessoas no período de X à Y...” cá pra nós, apesar da matemática NUNCA mentir, essa metodologia é bem passível de erros.

Com a chegada das mídias sociais digitais, o consumidor passou a deixar rastros sobre suas atividades. Agora é possível saber quantas pessoas, em Belém do Pará, são homens, gostam do Clube do Remo, e são de Direita e estão usando o Facebook.

Peça isso para qualquer outra mídia que não use dados da internet para ver a resposta.

Vale a pena gastar tempo pensando sobre o que você precisa para se conectar e se envolver com a mídia social. Trata-se de ver além do óbvio. Comece respondendo a essas perguntas:

  • Quem está interessado em seu produto ou serviço?
  • Existe algo que eu possa oferecer para um determinado público?

Indo além, pense sempre no próximo nível, com quem essas pessoas se relacionam? 

Lembre-se que o mesmo boca-a-boca que acontece no mundo offline também vale para o online. Então, se conectar a essas pessoas é uma forma de se conectar ao seu target de forma indireta e mais natural. 

Vale a pena.

DICA: pense sobre quem são essas pessoas, onde elas trabalham, o que elas gostam, o que lêem, faixa etárias, traços de personalidade, e como elas usam as redes sociais. A partir disso, crie um (ou vários) personagem fictício com bases nessas respostas.  

Crie sua própria pesquisa com base na coleta de dados dos perfis elaborados. Isso vai te dar uma noção exata de quem alcançar e como interagir.

A partir disso, identifique quem são os principais influenciadores do seu nicho. 

Normalmente são as pessoas que se destacam dentro de suas comunidades, que os outros escutam, perfis mais populares (não necessariamente as pessoas com milhares de seguidores no Twitter). Pode ser tudo isso ou simplesmente pessoas que falam coisas relevantes.

Os tipos de público que você deve procurar incluem:

  • Clientes atuais;
  • Potenciais clientes;
  • Jornalistas e editores;
  • Blogueiros;
  • Fornecedores;
  • Empresas parceiras

Mas e se você não souber quem são essas pessoas? 

Use estas ferramentas de monitoramento para buscar alguns perfis a partir de palavras-chave que envolvam o território da sua marca.

Ex.: se você tem uma loja de esportes, busque por perfis influentes que falem sobre "camisa do barcelona", "nova bola da nike".

Pode ser mais específico?

Twitter:

Facebook:

  • Crie uma persona com um email da sua empresa que tenha contatos na agenda
  • Acesse: Find Friends
  • Procure por páginas volumosas que abordem temas semelhantes aos seus e mapeie os usuários que mais interagem com a página.
  • Uma vez que você se conecta com alguns principais influenciadores, procure seus amigos e se conectar com as pessoas dessa forma.
  • Manter um olho sobre as sugestões que surgem em seu fluxo de notícias .

Ficou alguma dúvida? Comente aí e vamos crecer juntos!

Diego Santos
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!