Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Traslado da imagem de Nossa Senhora de Nazaré para Ananindeua e Marituba não terá paradas este ano

Essa romaria, a que abre o Círio, sempre teve a característica de inclusão social

Dilson Pimentel

O Traslado da imagem de Nossa Senhora de Nazaré para Ananindeua e Marituba, a primeira romaria oficial do Círio 2021, não terá paradas durante o seu percurso, que começará às 7 horas da manhã do dia 8 de outubro, sexta-feira, e deverá terminar às 12 horas, no máximo uma da tarde. Antes da pandemia da covid-19, o Traslado mobilizava milhares de pessoas, direta e indiretamente, na procissão pelas ruas de Belém, Ananindeua e Marituba. “A diferença para a do ano passado é que vai ser uma romaria totalmente dentro dos veículos, nenhuma pessoa fora, caminhando”, disse, nesta segunda-feira (27), o diretor de Procissões da Diretoria da Festa de Nazaré, Mário Tuma.

Antes, as pessoas acompanhavam ao lado dos carros. “Esse ano todos irão dentro dos veículos. O comboio está totalmente reduzido”, afirmou. O Traslado irá terminar no colégio Gentil Bittencourt, no bairro Nazaré. Outra mudança: não haverá paradas durante todo o percurso, para as descidas da imagem. “Em alguns lugares, podemos diminuir a velocidade, que vai ser de 10 a 15 km por hora. Mas não há parada especificada até agora. De repente, pode haver alguma mudança. Mas acredito que não haverá”, explicou.

Traslado sempre foi acompanhado por pessoas que não têm acesso do dia do Círio

O Traslado para Ananindeua-Marituba tem um forte componente de inclusão social. “Pega uma parte da nossa população mais carente, que não tem acesso ao dia do Círio e nem à Trasladação (procissão realizada na véspera do Círio)”, disse Mário Tuma. “Quando a penetramos nas ruas de Ananindeua e Marituba, percebemos que são pessoas muito humildes, que não têm condições de se locomover para cá (Belém). É uma das romarias mais bonitas que nós consideramos. É um outro Círio, um grande Círio, podemos dizer assim. E é o primeiro deslocamento nosso”, afirmou.

Tuma já está há 11 anos na Diretoria de Procissões. Ele contou que, quando havia as paradas, isso antes da pandemia, principalmente nas paróquias, as mães pediam para que seus filhos ficarem pertinho da imagem de Nossa Senhora de Nazaré. “Eles pediam para nós... No meu caso, que sou um pouco mais alto, para carregar bebês na mão e encostar no vidro da berlinda. Às vezes, também carregávamos pessoas com deficiência. É muito marcante”, afirmou.

Diretor pede às pessoas que não se aglomerem

Mesmo sem ter paradas durante o percurso, Mário Tuma disse que é difícil pedir para os ciclistas e corredores não tentarem acompanhar o Traslado, como, antes da pandemia, sempre fizeram – sem bem que, esse ano, vai ser mais difícil para eles por causa da velocidade dos carros. Mas, mesmo assim, ele fez um apelo à população: “Que o povo que está esperando que espere a passagem em sua casa, na calçada, E, ao mesmo tempo em que a imagem passar, que retorne para suas casas, que não fiquem aglomerados. Tenho fé em Deus que o povo vai compreender”.

E acrescentou: “Não será igual aos outros anos. Mas tenho fé em Deus que, no ano que vem, no Círio de número 230, vamos estar realizando o Círio dos Círios, podendo fazer todas essas homenagens, como elas devem ser feitas mesmo”. Este ano, o comboio será formado na avenida Nazaré, bem em frente ao calçadão da Basílica. Será um total de 14 carros, contando com o carro-berlinda. O carro-berlinda ficará no centro.

Ao redor, quatro viaturas da Polícia Rodoviária Federal, além de quatro motos fazendo a proteção da berlinda, também da PRF. Haverá um carro oficial da Diretoria do Círio. E, logo atrás, duas vans: uma da Guarda de Nazaré e uma da Diretoria. E, atrás, mais três carros da PRF fechando o cerco. “E, na frente, graças a Deus, três carros da Imprensa”, disse Tuma.

Palavras-chave

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!