Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

"KD a Berlinda?": aplicativo de acompanhamento dos trajetos do Círio passa por ajustes

Com mais um ano sem romarias e eventos presenciais, o app terá funcionalidades ajustadas

O Liberal

O aplicativo “KD a Berlinda?”, que começou a fazer parte do Círio de Nazaré, mais uma vez será ajustado para que os devotos possam acompanhar a programação do Círio sem romarias. É o segundo ano de ajustes do app, gratuito e desenvolvido pelo Governo do Estado, depois que a festividade de Nazaré precisou ser readaptada devido à pandemia de covid-19. A versão 2021 do “Kd A berlinda” já está disponível nas lojas de aplicativos Apple Store e Play Store.

“O 'KD a Berlinda?' precisou, desde o ano passado, sofrer adaptações para a situação em que vivemos. Muito embora sem as coordenadas geográficas, pela ausência das romarias, aprimoramos o aplicativo com a disponibilização de links úteis e a integração com parceiros para a transmissão de vídeos”, revela Anderson Góes, analista de sistemas da Companhia de Processamento de Dados do Pará (Prodepa)

Como não há exatamente como mostrar a localização da Berlinda em si ou da santa, foram inseridos os links do site da Basílica Santuário, do site oficial do Círio e das Agências Pará (Governo do Estado) e Belém (Prefeitura) para dar o máximo de informação para os usuários. Outros recursos seguem disponíveis aos devotos da Virgem de Nazaré. Pelo aplicativo, será possível acompanhar as transmissões via TV Cultura e Rádio Cultura; fazer selfies personalizadas com a máscara do app e compartilhar nas redes sociais; baixar os cartazes do Círio atual e o de anos anteriores; e ter acesso a uma galeria com fotos da festa.

“Sem dúvida nenhuma, a quantidade de downloads do aplicativo, que costuma aparecer, durante o período do Círio, entre os mais baixados de sua categoria no Brasil, demonstra o tamanho da importância deste serviço para a festa e para a população como um todo", destaca Anderson Góes.

Marcos Brandão da Costa, presidente da Prodepa, reforça que o “KD a Berlinda” já faz parte da experiência dos romeiros que participam da festa no Pará e dos que estão fora daqui, que não podem acompanhar as celebrações presenciais mais uma vez, o que torna o aplicativo parte importante do Círio. “Esperamos que a vacinação avance e que possamos retornar à normalidade em 2022 e o aplicativo possa retomar a sua funcionalidade, voltando a ser a ferramenta importante que se tornou para quem acompanha o Círio há quase 10 anos”, diz Brandão.

Palavras-chave

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!