Grupo Liberal vai integrar mídias em cobertura

Equipes de jornalismo dos jornais impressos, portal, rádio e mídias sociais vão reportar todos os fatos da maior festa católica dos paraenses

Tainá Cavalcante

Profissionais de todo o grupo Liberal estão envolvidos na cobertura das principais procissões do Círio de Nazaré. Seguindo o modelo de Redação Integrada, repórteres vão às ruas construir as notícias para o impresso, portal, rádio e mídias sociais, disponibilizando ao público uma cobertura completa e de diferentes ângulos.

O núcleo que movimenta a maior parte da cobertura do Círio é o de Cidades. Coordenador do grupo, Elvis Rocha explica que a produção "é unificada, onde o macro é pensado de maneira única e na edição se leva em conta as especificidades de cada plataforma".

Segundo o coordenador, a produção no núcleo começa dois meses antes e se intensifica no mês que antecede a festa. No dia da procissão, todos os repórteres saem com pautas definidas, mas, de acordo com Elvis, "todo mundo sabe que o Círio escapa um pouco de tudo o que é esperado".

"O Círio tem a dimensão oficial, mas tem a dimensão que escapa totalmente do que é previsto. A função da equipe é estar na rua para fazer a cobertura oficial, mas também estar atenta para as histórias que a gente não consegue prever", expõe.

No portal OLiberal.com, todas as notícias são publicadas em tempo real. A TV e a Rádio Liberal (97,5), no domingo do Círio, também fazem toda a cobertura ao vivo, assim como as mídias sociais do grupo, que transmitem no Instagram, Twitter e Facebook (@oliberal) os detalhes da festa. Já o impresso, além do caderno do Círio, que sai em edição dupla, tem uma edição especial na segunda-feira com as matérias factuais e bastidores da cobertura.

Editor executivo de digital em O Liberal, César Modesto conta que no último ano, quando foi lançado o protótipo do Liberal.com, 132.421 acessos foram registrados no período do Círio (12 a 14 de outubros) no site. Para esse ano, a expectativa é superar a marca com novos recursos.

"No portal, uma nova área de cobertura em tempo real, com novos recursos multimídias e novas possibilidades de participação do público. Nas mídias sociais, estamos trabalhando com a hashtag #círiodetodos para unificar as mensagens e publicações, facilitando a interatividade durante a cobertura minuto a minuto do Círio", afirma, detalhando que uma transmissão 'minuto a minuto' das procissões está sendo realizada desde a sexta-feira (11).

"Além disso, temos matérias e toda programação do Círio na área especial do portal OLiberal.com e conteúdos especiais em vídeos e podcasts sobre histórias e personagens do Círio, na plataforma LibPlay, além de flashes, lives e interatividade nas mídias sociais", detalha.

A Redação Integrada de O Liberal é composta por aproximadamente 100 profissionais. Na cobertura do Círio estão destacados repórteres, fotógrafos, analistas, editores de núcleo, editores web, editores multimídia, desenvolvedores e técnicos para garantir informação em tempo real, com atualizações no portal de notícias, nas plataformas multimídia e nas mídias sociais.

Uma celebração tão tradicional como o Círio precisa de uma cobertura com inovações em todos os anos. Estar atento às novidades e às inovações tecnológicas, segundo Modesto, é a chave para interagir com os diferentes tipos de público, suas origens e preferências. "Com a internet, a comunicação e a forma como as pessoas se informam e interagem mudou. E isso também se reflete na cobertura do Círio, cada vez mais online, de Belém para o mundo".

As mídias sociais são importantes peças para esse processo. Sérgio Moraes, coordenador das mídias do grupo, afirma que a intenção, neste ano, é cobrir os eventos para as mídias direto dos locais das procissões. "Planejamos publicações pontuais nas mídias sociais para levar o público ao minuto a minuto e acompanhar mais detalhes", explica.

A interação com o público é fundamental para a internet e, segundo Sérgio, isso foi pensado por meio da hashtag #ciriodetodos, que pretende chamar o público a compartilhar fotos e mensagens que poderão ser agregadas aos conteúdos do grupo. "Queremos mostrar um pouco do Círio de paraenses em outros locais do Pará, Brasil e mundo também. Vamos investir em segunda tela para quem acompanhar pela TV", declara.

Para cooperar com o conteúdo, basta que o internauta utilize, em suas publicações, a hashtag. Os profissionais estarão atentos às postagens para integrá-las ao conteúdo produzido.

Rádio coloca Whatsapp à disposição do ouvinte

 

Ouvintes da rádio Liberal também podem participar das transmissões, segundo Edmilson Mota, coordenador da rádio Liberal. De acordo com ele, a romaria do grande domingo será transmitida na íntegra pela rádio, desde a missa até a chegada, com 27 pessoas envolvidas, sendo 23 profissionais e quatro convidados. Além de Belém, a transmissão também será disponibilizada em rede para Soure, Castanhal e Cametá.

"O âncora será o Caco Barros e vamos colocar repórteres em alguns pontos, como a missa, Estação das Docas, Tv Liberal e Basílica. Já os ouvintes participam através do Whatsapp, mandando mensagem. Recebemos pelo número 99827-9765 e vamos comentando o conteúdo ao vivo. Eles podem fazer perguntas também aos convidados", conclui.

Todo o conteúdo pretende ofertar aos ouvintes, leitores, internautas e telespectadores uma cobertura completa, a partir dos mais diversos olhares.

"É importante que cada veículo faça sua parte. Televisão e rádio, por exemplo, também oferecem informação em tempo real, enquanto o impresso traz, no dia seguinte, o resumo dos melhores momentos e apresenta histórias e bastidores da procissão", explica Modesto. "Ao contrário dos veículos tradicionais, tão ou mais importante que a cobertura em tempo real, o resumo dos melhores momentos e bastidores do Círio, os leitores do portal têm a possibilidade de reviver o que perderam durante e após a transmissão e, principalmente, interagir com outros leitores e com o próprio portal e podem fazer isso em Belém ou qualquer lugar do mundo" completa.

TV Liberal fará a maior cobertura da história

O Círio 2019 terá a maior cobertura da história da TV Liberal. Isso é o que afirma o diretor de jornalismo do veículo, Paulo Fernandes, ao detalhar que dois estúdios serão montados em pontos estratégicos do trajeto da procissão - um na avenida Boulevard Castilhos França e outro na avenida Nazaré.

O número de câmeras exclusivas, segundo Fernandes, também foi ampliado para a Romaria Fluvial, Trasladação e Círio. “De modo que nosso telespectador vai ter imagens únicas da Festa pela primeira vez na TV aberta no Pará”, garante. Diretor de tecnologia da TV Liberal, Denis Brandão ressalta que novas câmeras remotas foram incrementadas na cobertura, o que possibilitará “novos ângulos ao telespectador, para uma melhor visualização da procissão”.

“Ao todo, teremos mais de 40 câmeras, dessas 16 remotas. As câmeras remotas não necessitam de operador no local, o que nos dá a possibilidade de imagens únicas, sem atrapalhar a procissão”. Segundo o diretor, essas câmeras remotas ficarão situadas em pontos estratégicos. Uma delas, exemplifica, ficará no CAN, o que dará ao telespectador uma visão de cima da praça. Além disso, ele reforça que os repórteres estarão utilizando quatro web links, que são equipamentos com transmissão via internet. Os repórteres ficarão ao longo do percurso, atuando livres na procissão. A cobertura de sábado inicia-se com a Romaria Fluvial, às 11h, e se estende nos programas “É do Pará” e “JL 1”, até às 13h. A cobertura continua à tarde e à noite com flashes durante toda a programação.

Além disso, o “JL 2” terá uma edição especial. Já no domingo, a transmissão começa às 5h30 com a Missa do Círio e vai até o encerramento da romaria, na Praça Santuário de Nazaré. Os telespectadores poderão interagir com o conteúdo da TV Liberal durante a programação pelo WhatsApp (99943-0001), pelas redes sociais a partir da hashtag #CirionaTVLiberal ou pelo aplicativo “VC na TV Liberal”, disponível para download gratuito nas lojas iOS e Google Play.

Paulo Fernandes estima que, considerando toda a semana em preparação à cobertura doCírio, 120 profissionais estão envolvidos no trabalho pela TV Liberal, incluindo jornalismo, tecnologia, marketing e programação. Ao longo do trajeto das principais romarias, haverá pontos na Enasa, na avenida Presidente Vargas e na Praça Santuário de Nazaré. Além disso, câmeras ficarão espalhadas por todo o trajeto e links móveis com repórteres de diversos pontos da procissão.

A transmissão no sábado, direto do estúdio da Boulevard Castilhos França, será ancorada pela Jalília Messias, a partir do “É do Pará”. Já no domingo, o apresentador será o João Jadson. Do estúdio da avenida Nazaré a transmissão ocorre a partir do JL 1 de sábado e segue até o domingo com a grande procissão, ancorada pelos jornalistas Priscilla Castro e Márcio Lins.

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!