Fraternidade entre igrejas fortalece a fé

Há oito anos, projeto da Assembleia de Deus desfaz o conceito errôneo de que existe rivalidade entre católicos e evangélicos

Alinne Morais, especial para O Liberal

Pelo oitavo ano seguido a Assembleia de Deus, localizada na avenida Nazaré esquina com a Doutor Moraes, estará de portas abertas durante o Círio. Por meio do projeto “Eu+Você=Jesus” haverá distribuição de água e souvenirs, além de café da manhã para os peregrinos.

A ação é realizada desde 2012 e quebra o paradigma de que há rivalidade entre católicos e evangélicos. Ela também coloca em prática o ensinamento “amar ao próximo como a ti mesmo”. “Oferecer um copo de água, uma alimentação, não significa comungar da mesma fé, mas demonstrar que a igreja é desprovida de qualquer preconceito religioso, afinal, Jesus veio para as pessoas, não para as instituições”, destaca o pastor Zildomar Campelo, coordenador e idealizador do projeto.

Neste ano, mais de 300 voluntários vão participar da ação. No total, serão distribuídos 15 mil copos de água. Já no café da manhã serão oferecidos sanduíches, sucos, café preto e com leite, bolos, frutas e mingau. Tudo serve até 5 mil pessoas. Haverá ainda a entrega de abanadores e CDs com louvores cantados pelo ministério de música.

O projeto não tem ajuda de custo ou financiamento de qualquer outra instituição ou apoiador, além dos próprios membros da congregação. Desde o início, é autorizado pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, e conta com o apoio do Pastor Presidente da Assembleia de Deus em Belém, Samuel Câmara.

PROGRAMAÇÃO

No sábado, durante a Trasladação, o prédio anexo à congregação será cedido a Cruz Vermelha como posto de atendimento. Já a igreja em si estará fechada para o público. No entanto, em situações específicas, poderá abrir espaço para idosos, pessoas com crianças e deficientes físicos. 

Nesse intervalo de tempo os voluntários vão atuar na preparação e organização do café da manhã. O espaço interno da igreja também será decorado com um cenário que irá remeter ao Ver-o-Peso.

Após o Traslado, a partir das 23h, será realizada uma vigília musical que seguirá até às 4h30 de domingo. Em seguida, a igreja fecha brevemente e reabre às 6h, já com o café da manhã. A distribuição de água iniciará por volta das 7h, na área externa da congregação, e ficará a cargo de uma equipe formada por jovens.

Dentro da igreja também estarão voluntários devidamente orientados e identificados com bottons escritos “Posso orar com você?”. Eles vão atender quem voluntariamente pedir oração ou quiser conversar sobre a vida espiritual. “A oração é feita aos olhos de todos, justamente para evitar que surjam boatos de que estamos doutrinando pessoas a seguirem uma religião”, explica Zildomar.

ACEITAÇÃO

No início do projeto houve certa resistência, pois muitos entendiam a atitude de abrir a igreja no dia do Círio como uma provocação. Hoje, segundo Zildomar, as coisas mudaram. O público já é receptivo e muitos até parabenizam a ação. "O nome ‘Eu+Você=Jesus’ já é sugestivo, significa que todos nós, independentemente da religião, temos algo em comum: Jesus Cristo. É uma atitude para reforçar que somos ligados uns aos outros, pelo amor a Deus e ao próximo".

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!