É boato a informação que circula nas redes que motoristas de aplicativo não poderão rodar no Círio

A notícia, que começou a circular nesta quarta-feira (02) nas redes sociais, é inverídica, garante Semob

Redação Integrada

A notícia de que motoristas de aplicativos de mobilidade urbana estariam proibidos de circular em Belém no final de semana do Círio, como propagado nas redes sociais na manhã desta quarta-feira (02), é mentira. Em apenas um dos sites que a informação falsa foi divulgada, quase 500 compartilhamentos foram registrados.

A Prefeitura de Belém, por meio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), garante, por meio de nota oficial, que é inverídica a informação de que a prefeitura irá proibir a circulação de motoristas de aplicativo durante o Círio.

O que ocorre, segundo o órgão, é que a partir do dia 07 de outubro motoristas que não estiverem regularizados poderão ter seus carros recolhidos. "No próximo dia 7 expira o prazo de regularização desses motoristas, sendo que este já é o terceiro prazo concedido pelo poder público - o prazo inicial se encerraria em 20 de junho; a primeira prorrogação, resultado da negociação do poder público com a própria categoria, seria até 31 de julho; e agora o prazo em vigor segue até o próximo dia 7 de outubro" esclarece.

Ainda de acordo com a prefeitura, "esse cadastro é feito nas plataformas em que os motoristas prestam serviço, e as plataformas alimentam a base de dados da Prefeitura de Belém". "Até esta quarta-feira, 2, faltando cinco dias para expirar o prazo, nenhum motorista foi cadastrado na base desse sistema" conclui a nota da Semob.

 

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!