Devotos foram autorizados a rezar o terço

NA MADRUGADA - Arquidiocese permite a participação dos fiéis no Terço da Alvorada, que se inicia nesta segunda-feira, 12, de madrugada, na Basílica

BYANKA ARRUDA

Entre os dias 12 e 25 de outubro, será realizada a tradicional celebração do Terço da Alvorada, que acontece sempre no despertar do dia, às 5h15. Diferente das outras programações do Círio de Nazaré, que não contarão com a participação dos devotos por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, nas celebrações do Terço da Alvorada será permitida a presença de devotos, autorizada pela Arquidiocese de Belém com base na média de público da atividade, que costuma atrair poucas pessoas por causa do horário. A celebração será conduzida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira.  

As atividades relacionadas à devoção à Virgem de Nazaré, na quinzena do Círio, que apresentam maiores riscos de aglomeração, serão realizadas a portas fechadas, sem a presença do público, para evitar a proliferação da Covid-19. 
Historicamente, o Terço da Alvorada reúne centenas de devotos que acompanham um pequeno cortejo no entorno da Basílica Santuário. O Terço da Alvorada é promovido pela Confraria de Nossa Senhora de Nazaré, faz parte da programação do Círio e acontece de segunda a sábado. 

A caminhada segue pelas ruas ao entorno da Basílica Santuário. A Imagem de Nossa Senhora de Nazaré é conduzida em um andor por integrantes da Confraria. Ao longo do cortejo, os fiéis fazem orações e cantam hinos marianos. A cada manhã, a procissão segue por um percurso diferente, que envolve entre quatro a cinco quarteirões.

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!