CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Belém Cidade Gastronômica traz sabor e economia com receita de picadinho de pirapema

O preparo da receita ficou sob o comando do chef Léo Modesto, que foi aluno de gastronomia da Unama

Paloma Lobato
fonte

Quem tem a oportunidade de passar por Belém, não esquece as experiências gastronômicas únicas vividas na capital paraense. A cidade das mangueiras também pode ser considerada a cidade dos sabores e de receitas cheias de peculiaridades. O "Belém Cidade Gastronômica", um projeto do Grupo Liberal, com o apoio da Unama e Prefeitura de Belém, leva ao público receitas de dar água na boca e dicas para quem ama a culinária paraense.

Nessa edição, o apresentador, fotógrafo e influencer de viagens e gastronomia, Prix Chemical, apresenta uma receita deliciosa e que tem a cara da região: picadinho de pirapema. E antes de dar início ao preparo do prato, Prix foi até o mercado Ver-o-Peso para comprar os principais ingredientes da receita. O apresentador contou com a ajuda do professor de gastronomia da Unama, Antônio Comaru, que, além de garantir os melhores itens para o prato, tirou uma série de dúvidas sobre os principais ingredientes da receita.

O primeiro passo nessa missão foi escolher um bom pescado. A compra de um peixe nem sempre é uma tarefa fácil, mas é importante seguir algumas dicas que podem ajudar nessa escolha. "É um peixe daqui do nordeste do Pará. Ele tem um formato de pescada, com escamas grandes e prateadas, como se fosse um degradê. É muito fácil de conhecer a pirapema", destaca o professor da Unama.

Antônio também ressalta os benefícios que esse tipo de pescado traz para o bolso dos consumidores. "A pirapema é um peixe que tem uma relação custo-benefício excelente. Ele é muito versátil e tem um preço muito acessível", explica o profissional.

image Antônio Comaru, professor de gastronomia da Unama, ajudou na escolha dos melhores ingredientes no mercado Ver-o-Peso (André Oliveira/O Liberal)

Ao longo do passeio pelo Ver-o-Peso, o professor destacou a importância dos temperos, como o coentro e a chicória, no preparo da receita, que garantem um sabor ainda melhor para o prato. "Esses são os nossos 'matinhos' especiais. Eles são imprescindíveis para essa receita de peixe. A base dele é o coentro e a chicória. Eu diria que é o grande diferencial", complementa.

Quem também faz parte da receita e não poderia faltar de forma alguma é a famosa farinha. Todo bom paraense sabe o quanto é importante escolher uma farinha de qualidade para consumir no dia a dia. Para a receita de picadinho de pirapema, isso não seria diferente.

"Nós temos que ter uma farinha de boa qualidade e procedência, porque vamos explorar a crocância dela na composição da pirapema para executar a receita. Ela tem que ser torrada à moda do Pará, com um pouquinho de manteiga", destaca o professor da Unama.

Mão na massa

Ingredientes escolhidos e comprados. Agora é a hora de preparar o delicioso picadinho de pirapema. E como toda boa receita, não basta apenas colocar a mão na massa, é preciso ter muito amor e dedicação no preparo da receita. Quem sabe muito bem a importância desses dois quesitos para ter sucesso na cozinha é o chef Leo Modesto. O profissional, que é natural do município de Curuçá, no nordeste paraense, foi um dos alunos de gastronomia da Unama e tem a missão de dar um toque todo especial à receita.

O primeiro passo é escalfar o peixe, o que corresponde a deixá-lo em uma mistura de água fervendo com vinagre. A técnica ajuda o pescado a ganhar uma textura ainda melhor para a receita. O intuito é amolecer a fibra do peixe para, em seguida, desfiar a pirapema.

Além de preparar a receita, o chef de cozinha ainda compartilhou um pouco de sua paixão pela culinária. Léo aprendeu com sua mãe e começou a atuar nas cozinhas aos 18 anos. Mas a escolha pelo curso de gastronomia aconteceu depois do chef ganhar um concurso de cozinha. "A gastronomia e esse glamour todo entraram na minha vida em 2015, quando ganhei um concurso em Belém. De lá pra cá, eu não parei. Foi quando eu fiquei conhecido nesse meio. Mas eu cozinhava, pelo o que eu lembro, desde os 9, 10 anos", destaca o profissional.

O preparo da farofa também exige um certo cuidado. Basta colocar manteiga em uma panela e, seguida, acrescentar um fio de azeite, o que evita que a manteiga queime. Quando a mesma estiver com uma coloração "amendoada", é só acrescentar a farinha d'água, deixando-a com um aspecto molhadinho, amanteigado.

Depois da farofa, é hora de desfiar o pescado e, posteriormente, refogar a pirapema no azeite, cebola e alho. Em seguida, acrescentam-se os demais temperos como chicória, tomate e coentro. Depois desse processo, basta fazer a montagem do prato com a farofa.

Graduação

Para se destacar em qualquer área profissional, é fundamental ter qualificação. Na gastronomia, quanto mais preparado para o mercado de trabalho, melhores são as chances de ter sucesso na carreira. Apesar de nunca ter sonhado com a graduação na área, o chef de cozinha sabia que ter um diploma era importante para a sua trajetória profissional.

"Não era um sonho, mas eu sentia a necessidade de ter uma formação. Ter o curso de gastronomia me ajudou a ter um retorno", explica Léo, que ainda deixou claro a importância de ter as técnicas adquiridas durante o curso de gastronomia da Unama.

image O picadinho de pirapema é uma ótima opção para quem quer apostar em um sabor único, mas com economia para o bolso (André Oliveira/O Liberal)

O chef, que é especialista na cozinha amazônica de raiz, também falou um pouco sobre as dificuldades enfrentadas na área, mas que não pode faltar uma palavra-chave: persistência. "O desafio maior é permanecer na área e viver disso, principalmente para quem veio do interior. É persistência mesmo. Nunca é fácil. Eu continuo na batalha até hoje. Eu me encontrei nessa área da gastronomia que tem vários eixos no mercado e não apenas estar por trás de uma cozinha", complementa o profissional, que divide o amor pela cozinha com as consultorias em diversos empreendimentos e eventos gastronômicos pelo Pará.

E aí, gostou dessa experiência deliciosa? Quer ficar por dentro de toda a receita de picadinho de pirapema e saber ainda mais sobre a gastronomia paraense? Assista o episódio completo do "Belém Cidade Gastronômica". Além de garantir uma receita de dar água na boca, você ainda fica ligado em tudo o que está relacionado ao universo da culinária regional.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Belém Cidade Gastronômica
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!