O continente e a Cidade das Mangueiras

Rodrigo Vieira
Sobremesa asiática: manga com arroz cozido e leite de coco (Divulgação)

Uma das marcas registradas de Belém do Pará são as célebres mangueiras. Essas árvores frondosas, que formam túneis que ajudam - e muito - a amenizar o forte calor e encantam moradores e visitantes foram trazidas da Ásia, ainda no século XIX, pelo então intendente [como eram chamados os prefeitos] Antônio Lemos.

Avenida Generalíssimo Deodoro, no começo do século XX, já com as célebres mangueiras (autor desconhecido)

A capital paraense vivia o auge da belle époque e parte da riqueza gerada pelo ciclo da borracha foi usada para importar milhares de mudas de mangueiras. Fazia parte dos planos de construir aqui uma espécie de Paris n’América. 

Uma das inúmeras guloseimas preparadas com manga, que são encontradas em países como Tailândia, Singapura e Indonésia (Rodrigo Vieira)

Em abril do ano passado, visitei Tailândia, Singapura e Indonésia e pude ver de perto as raízes dessa quase devoção à manga. Sim, os asiáticos valorizam a fruta, que por lá está presente em uma grande diversidade de pratos, guloseimas e bebidas. Aperte o play e viaje com a gente!

Lá Fora
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BAGAGEM DE BOLSO