CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

O Liberal é sinônimo de visibilidade e credibilidade em 76 anos de circulação

Investimento em divulgação no jornal garante retornos econômicos para empresas de diferentes ramos

Fabrício Queiroz
fonte

A divulgação e repercussão dos principais fatos e eventos da sociedade é a matéria-prima do trabalho do jornal O Liberal. Mas além da função estritamente jornalística, o veículo se consolidou ao longo de 76 anos como uma importante vitrine para os diversos empreendimentos e atividades econômicas do Estado do Pará. Em razão disso, empresários dos diferentes ramos apostam e corroboram a credibilidade da publicação, que contribui para dinamizar inúmeros negócios.

O setor imobiliário é um dos segmentos que tradicionalmente ocupa as páginas e agora também as telas dos leitores de O Liberal. Desde o caderno Classificados até o atual Libshop, quem busca comprar ou alugar imóveis tem no jornal a principal referência para o mercado. A importância é tamanha que as trajetórias se confundem, mostrando a colaboração mútua entre a comunicação e o mercado.

“Quando iniciei as minhas atividades no ramo imobiliário em 1982, nós só tínhamos como veículo o jornal O Liberal, pois era o único canal que utilizávamos para anunciar os imóveis em seu Classificados. Com sua grande tiragem, sempre atingiu um grande número de leitores interessados em comprar ou alugar os imóveis que eram ofertados e sempre comercializados com sucesso e rapidez”, relata Luiz Carlos Araújo, proprietário da Relvas Administração de Imóveis.

Para ele, a credibilidade conquistada é um diferencial e um fator preponderante que fortalece os vínculos entre a sua empresa e o grupo, bem como contribui para que o setor empresarial alcance a visibilidade almejada. “O jornal O Liberal sempre desempenhou um papel importante em todo o estado do Pará, acompanhando o desenvolvimento de nossa sociedade informando e atualizando o leitor dos principais assuntos diários sendo assim responsável pelo desenvolvimento das atividades econômicas tanto na indústria como no comércio de nosso estado”, ressalta Araújo.

Na mesma linha, a empresária Milene Azevedo diz que é anunciante do jornal há 22 anos, desde que ingressou no ramo imobiliário. Ao longo desse período, Milene observou como as inovações tecnológicas se tornaram cada vez mais relevantes para a sociedade e os negócios, porém mesmo com a valorização dessas tendências, a publicação impressa ainda é uma das principais formas de divulgação do negócio.

“O maior diferencial do impresso é que ele chega até uma camada da sociedade que ainda é analógica, que são os leitores tradicionais jornal impresso, que não querem adquirir a mídia digital e, mesmo que eles entrem no mundo digital, não abrem mão de ler um bom jornal impresso. Nessa camada da sociedade geralmente estão os maiores formadores de opinião. São as pessoas que tem maior idade, que já tem sua renda solidificada e uma vida financeira estabilizada, que são clientes potenciais para a compra de imóveis”, analisa ela, que destaca que cerca de 25% dos seus clientes são atraídos pela publicação impressa.

No entanto, Milene Azevedo pontua que não abre mão de inovar nas estratégias de divulgação acompanhando os novos produtos lançados pelo Grupo Liberal, que atualmente oferece oportunidades no também portal OLiberal.com e em suas redes sociais, que atingem diferentes espectros da sociedade. “O Liberal é um grupo completo onde a gente tem todos os tipos de plataforma e, por ser local, a gente tem contato direto com os gerentes e a diretoria, que oferece um atendimento bem mais personalizado do que essas plataformas de fora”, afirma a empresária que frisa: “Dentro do Estado do Pará, o Liberal é o mais assertivo. A gente investe uma verba publicitária e temos uma entrega completa com retorno de leads qualificados”.

Por isso, as mídias do Grupo Liberal atraem cada vez mais anunciantes, que veem a comunicação como um recurso essencial para manter o dinamismo da economia. “É de uma importância fundamental porque é um jornal que tem muitos assinantes e leitores, além de ser bem conceituado no Estado do Pará, o que ajuda na divulgação do trabalho do clube e nos dá certeza que vamos ter retorno”, aponta Marcos Vieira, presidente do clube da Associação dos Funcionários do Banco do Estado do Pará (Asbep).

Vieira ressalta ainda que o jornal é parte integrante do seu trabalho na instituição bancária por apresentar diariamente as principais notícias do estado, do Brasil e do mundo com foco em uma visão local, o que subsidia diversas ações. “Quem lê O Liberal está sempre bem informado. O jornal nos dá apoio para tomar decisões e realizar estudos relacionados à economia dentro do próprio banco”, pontua.

Aniversário
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!