Polícia vai investigar denúncia de maus-tratos, mas encontra cachorro de plástico

Caso mobilizou policiais por mais de 30 km para constatarem que denúncia era infundada

Redação Integradada de O Liberal com informações do G1

A investigação de uma denúncia de maus-tratos a um cachorro da raça rottweiller terminou de forma inusitada. A Polícia Militar de Meio Ambiente de São Lourenço (MG) recebeu a denúncia em Baependi, cidade vizinha localizada a 33 km de São Lourenço.

Ao chegar no sítio, os policiais encontraram um cachorro acorrentado à grade da varanda, conforme relatou o denunciante. Mas era um animal de plástico. O caso ocorreu na última quarta-feira (8).

Sítio onde o "cachorro" era mantido acorrentado. (Divulgação Polícia Militar do Meio Ambiente)

A polícia constatou que o enfeite era usado pelos donos do sítio, um casal de idosos, para tentar evitar a ação de ladrões. Os dois foram liberados e os policiais voltaram à rotina de atribuições.

Amazônia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!