Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Estabelecimento na praia do Atalaia (PA) é fechado por tráfico de drogas e poluição sonora

Foram apreendidos entorpecentes semelhantes a cocaína e maconha, além de drogas sintéticas, e um aparelho de som

O Liberal

Neste domingo (24), um estabelecimento foi fechado por cinco dias na praia do Atalaia, em Salinópolis, após entorpecentes semelhantes a cocaína e maconha, além de drogas sintéticas, e um aparelho de som - fonte de poluição sonora - serem encontrados no local pelas Polícias Civil e Militar, durante um mandado de busca e apreensão. A quantidade exata das drogas não foi informada pela assessoria. 

VEJA MAIS

Salinas tem carros atolados na madrugada deste domingo e praias podem ser interditadas; vídeo
Detran e PC orientam motoristas, a previsão é que as praias sejam interditadas a partir das 13h do domingo (24), segundo comunicado da Segup

Comércio fraco e monitoramento de carros na praia marcam final de semana em Salinas
A possível interdição da praia para entrada de veículos por conta da maré alta, anunciada para este sábado, 23, acabou não sendo necessária

Clima para amanhã em Salinas, na cidade de Salinópolis: previsão do tempo desta segunda (25/07)
Previsão de sábado é de tempestades isoladas com raios e trovões, no Pará; veja mais detalhes sobre o clima para amanhã

Os agentes teriam chegado até os envolvidos após denúncia de que um estaria em estado de convulsão depois de sair do estabelecimento comercial. A vítima foi localizada e encaminhada para um atendimento feito pelo Corpo de Bombeiros. As polícias seguiram com as investigações dando continuidade nas “Operações Verão 2022 e Verão com Justiça”.

As equipes foram até o estabelecimento com um mandado de busca e apreensão, solicitado pela PC, e iniciaram a fiscalização em torno do local e foi apreendido drogas. Já a Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (Demapa) apreendeu  uma caixinha de som - tido como fonte de poluição sonora.  

Os materiais apreendidos durante o mandado de busca e apreensão das Polícias Civil e Militar (Divulgação PC)

De acordo com a delegada Adriana Magno, o bar/ restaurante já estava sendo monitorado e, anteriormente, havia recebido advertências em relação à poluição sonora. O tráfico de drogas teria sido notificado recentemente, após a apreensão realizada.  

"Diante de outros indícios de crime ambiental e tráfico de entorpecentes no local, representamos por decisão judicial e após ser deferido fizemos aferição novamente onde foi confirmado crime de poluição sonora, além da circulação de drogas. Então  fizemos as apreensões devidas, e na ausência do proprietário do estabelecimento, notificamos o representante que será ouvido no inquérito policial por tráfico de drogas e poluição sonora, além de susperdermos as atividades até reavaliação da DPA", explicou a delegada.

Todo o material apreendido foi conduzido à Delegacia de Salinópolis e será periciado pela Polícia Científica do Pará. 

Amazônia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!