União não se opõe a andamento de fusão entre Boeing e Embraer

Bolsonaro usa o Twitter para dizer que reunião deixa claro para ele que soberania está garantida

Reuters

O presidente Jair Bolsonaro disse em sua conta no Twitter nesta quinta-feira que a União não se opõe ao andamento do processo de fusão entre Boeing e Embraer, após participar de reuniões com ministros para avaliar o acordo entre as duas fabricantes de aeronaves.

"Reunião com representantes da Defesa, da Ciência e Tecnologia, Relações Exteriores e Economia sobre as tratativas entre Embraer (privatizada desde 1994) e Boeing. Ficou claro que a soberania e os interesses da nação estão preservados. A União não se opõe ao andamento do processo", escreveu o presidente.

Apesar de a Embraer ser uma empresa privada, o governo brasileiro detém uma "golden share" na companhia, que lhe dá poder de veto em decisões da empresa.

O Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!