Juíza revoga prisão do ex-senador Luiz Otávio Campos

Audiência foi realizada nesta tarde, pela Justiça Eleitoral no Cartório da 1ª Zona Eleitoral

Redação Integrada

A juíza substituta Andrea Ribeiro, da Justiça Eleitoral, revogou a prisão do ex-senador Luiz Otávio Campos, preso pela Polícia Federal durante a Operação Fora do Caixa, desdobramento da operação Lava Jato, deflagrada nesta quinta-feira (9). A decisão da magistrada ocorreu durante audiência de custódia, realizada no Cartório da 1ª Zona Eleitoral de Belém. 

O alvará de soltura foi emitido ao final da audiência, com a liberação do acusado, que seguirá respondendo ao processo em liberdade.

Segundo o TRE/PA, Andrea Ribeiro analisou o pedido de revogação da prisão feito pela defesa do acusado, solicitou manifestação do Ministério Público, titular da ação penal, que não ofereceu óbice à soltura do acusado, diante do conteúdo do depoimento coletado.

Leia mais:

Polícia Federal apresenta novas informações sobre prisão do ex-senador Luiz Otávio Campos

O processo tramita na 1ª Zona Eleitoral. A investigação teve início a partir da colaboração premiada feita por executivos da empresa Odebrecht, os quais relataram o pagamento de R$ 1,5 milhão, através de caixa 2, para a campanha do então candidato ao governo do estado do Pará nas eleições de 2014, Helder Barbalho.

Além do ex-senador, foi preso Álvaro César Silva da Rin, no Tocantins, estado que também recebeu ações deflagradas pela Polícia Federal, assim como Brasília.

Em sua rede social, o governador Helder Barbalho comentou sobre a operação da Polícia Federal. “Afirmo que não sou alvo da ação. Minha campanha ao Governo do Pará, em 2014, foi feita dentro da legislação vigente à época”, escreveu. O governador ressaltou ainda que as doações oriundas da empresa Odebrech foram integralmente declaradas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e suas contas aprovadas pela Justiça Eleitoral. “Reitero o compromisso com a lisura de todo processo eleitoral e com o trabalho da Justiça”.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!