#DefendamLulaUrgente está entre as hashtags mais comentadas no Brasil e no mundo

Transferência do ex-presidente para São Paulo mobiliza apoiadores e políticos do centro

Agência Estado

A transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da sede da Polícia Federal de Curitiba para o presídio de Tremembé, no interior de São Paulo, ocupa os quatro assuntos mais debatidos no Twitter Brasil. A hashtag mais compartilhada até o momento é a #DefendamLulaUrgente, seguida na lista de tendências da rede social pela #LulaNoPresídio, pela palavra "Tremembé" e por #LulaEmTremembé. 

Praticamente todos os parlamentares do PT e do PCdoB que possuem conta no Twitter estão se manifestando em suas redes sobre a transferência de Lula para o presídio de Tremembé. O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (PT-RS), afirma que a defesa tomará todas as medidas necessárias para estabelecer a liberdade plena de Lula e "para assegurar os direitos que lhe são assegurados pela lei e pela Constituição" como ex-presidente da República. Na mesma linha, a líder do PCdoB na Câmara, Jandira Feghali (RJ), afirma que irá, com mais deputados de oposição, ao Supremo. "Não aceitaremos esse arbítrio contra Lula", afirmou no Twitter. 

Leia mais

Maia: estamos à disposição para que direito do ex-presidente Lula seja garantido

Lula será transferido para penitenciária no interior de São Paulo

Jandira também afirmou que o deputado Fábio Trad, do PSD de Mato Grosso do Sul, repudiou a ação da juíza Carolina Lebbos e afirmou que "a direita que bate palmas para isso poderá ser vítima disso no futuro". A deputada também disse que várias lideranças de centro-direita se manifestaram na Câmara contra a decisão "absurda e vingativa" da Justiça contra Lula. O líder do Podemos, deputado Bacelar, da Bahia, afirmou que está "junto com parlamentares de diversos partidos indo ao STF daqui a pouco. Não aceitaremos esse arbítrio contra Lula". 

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi um deles. Em plenário, Maia afirmou que a transferência de Lula para Tremembé "de fato não é uma decisão simples". "É uma decisão extemporânea. Então, aquilo que a Presidência da Câmara puder acompanhar junto com a bancada do PT, nós estamos à disposição para que o direito do ex-presidente seja garantido."

As hashtags #LulaNoPresídio e #LulaEmTremembé são alavancadas pelos parlamentares da base do governo. O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), afirmou que "Curitiba agradece pela transferência do presidiário Lula. O transtorno causado na vida dos moradores do bairro Santa Cândida foi imenso." A deputada Carla Zambelli (PSL-SP), por sua vez, disse que é "bem-feito" que Lula vá para Tremembé, afirmando que o ex-presidente "deveria ainda pagar pelo prejuízo que causou na carceragem da Polícia Federal" em Curitiba.

O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) propôs uma enquete em seu Twitter na qual pergunta aos seus seguidores para qual presídio Lula deveria ser transferido. As opções são Presidente Wenceslau, Presidente Bernardes e "para o inferno".

No Twitter mundial, a hashtag #DefendamLulaUrgente ocupava por volta das 16 horas a oitava posição.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!