Bolsonaro diz que, se Aliança não sair, em março vai ter 'nova opção'

Eleito presidente pelo PSL, Bolsonaro desfiliou-se do partido por divergências

Reuters

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta segunda-feira que, se o partido Aliança pelo Brasil não sair, em março vai buscar uma nova opção.

"Não é fácil formar um partido hoje em dia. A gente está tentando e, se a gente não conseguir, em março vamos ter uma nova opção", disse ele a um apoiador no Palácio da Alvorada.

Eleito presidente pelo PSL, Bolsonaro desfiliou-se do partido por divergências com a direção da sigla e começou um trabalho para ajudar na criação da sua própria legenda, o Aliança.

Contudo, a efetivação do partido não deslanchou até agora -- apoiadores tentaram criá-lo para as eleições municipais.

O presidente já admitiu publicamente conversas com ao menos três partidos para ele se filiar --essa é uma condição imposta pela legislação eleitoral, caso ele queira disputar a reeleição em 2022.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA