Traficante é preso dentro da UFPA

Roberto Yuri estava vendendo maconha no campus

Um traficante foi preso em flagrante nesta quinta-feira (11), dentro da Universidade Federal do Pará (UFPA), situada no bairro do Guamá, em Belém. O motorista Roberto Yuri Silva de Araújo, de 23 anos, foi denunciando por testemunhas anônimas, que o apontaram como traficante, responsável pela comercialização de substâncias entorpecentes no interior da instituição de ensino superior. Com o acusado, a Polícia Civil encontrou cerca de 25 petecas de drogas, do tipo maconha prensada. Outros cinco usuários de substâncias ilícitas também foram detidos junto com o traficante no momento da abordagem policial. Os usuários de drogas assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberados em seguida. Eles responderão por uso de entorpecentes. 
Roberto Yuri estava vendendo maconha perto do Complexo Recreativo Vadião, no Campus Básico, na orla da UFPA. Ele foi preso por volta de 11h. O acusado já tem passagem criminal por roubo majorado, com uso de arma de fogo, registrado em 2016, na Seccional Urbana da Pedreira. Ele respondia criminalmente em regime de albergue, trabalhando durante o dia como motorista e retornando à noite para o alojamento do Estado. Ele foi autuado por tráfico de drogas e encaminhado para as casas penais da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (SUSIPE).
Nenhum dos acusados possui vínculo com a UFPA.  

PROBLEMA CORRIQUEIRO

"Infelizmente, existem muitos traficantes agindo dentro da UFPA, não era só o Roberto Yuri. Sempre que a gente recebe denúncias a respeito da atuação de traficantes, a gente vai atrás, faz a apreensão da droga e prende o acusado", afirmou a a diretora da Seccional do Guamá, delegada Rosalina Arraes. 

De acordo com a delegada, é grande a circulação de substâncias entorpecentes de variados tipos na UFPA. "Circula de tudo, não tem uma droga específica. Nesse caso, fizemos a apreensão de maconha, mas circula cocaína, pedra oxi, dentre outras", alertou. "Lamentavelmente o tráfico de drogas na universidade é uma prática comum, que a gente segue tentando combater", destacou. 

A equipe de reportagem da redação integrada de O Liberal entrou em contato com a UFPA e aguarda retorno. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!