Tiroteio durante assalto a ônibus assusta passageiros que vinham de Baião

Quando um PM reagiu, bandidos fugiram levando renda do cobrador e deixaram duas motocicletas para trás

Passageiros de ônibus ficaram aterrorizados com a intervenção de um policial militar na manhã desta sexta-feira (11), quando passavam perto de um ponte da rodovia PA-151, vindos do município de Baião e seguindo para a capital Belém. O sargento, que se identificou como Luiz Carlos Oliveira, conseguiu disparar e afugentar os bandidos, que fugiram levando alguns pertences do cobrador do ônibus e deixaram as motos para trás.

 

Segundo o cobrador do ônibus, que foi quem falou com a Polícia Civil de Igarapé-Miri para registrar o caso, era por volta de 11h30 quando o ônibus da empresa Boa Esperança parou perto da ponte sobre o Rio Miri para embarcar dois passageiros que faziam sinal. De motocicleta, os rapazes pediram para colocar uma saca dentro do bagageiro do coletivo.

 

Quando o cobrador desceu para abrir o compartimento, ambos sacaram armas de fogo artesanais e, sob ameaça de morte, roubaram a quantia de trezentos, a renda das viagens do dia, e o aparelho celular do funcionário. Ao perceber a ação criminosa, um dos passageiros, que se identificou sargento da PM, interviu. 

 

Muitos tiros foram deflagrados, fazendo com que  os assaltantes corressem para uma área de mata. Na fuga, eles deixaram para trás duas motocicletas, uma Honda Titan 150 e outra Honda Titan 125, ambas sem registro de roubo. O caso foi registrado na Delegacia de Igarapé-Miri, onde os veículos foram apresentados. O episódio é apenas mais um dos inúmeros casos de violência nas rodovias que cortam o estado. Passageiros e rodoviários relataram que temem trafegar pela Alça Viária e redondezas, pois a ação de criminosos é constante. Até a publicação desta matéria, os suspeitos não foram localizados. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!