Sargento da PM é baleado enquanto lanchava com a esposa e um amigo

Policial e a esposa conseguiram se proteger, mas o amigo foi atingido nas costas e na perna

Redação Integrada de O Liberal

Um policial militar e um amigo dele foram baleados no município de Ananindeua, na noite de sábado (8). O PM passa bem, mas o amigo está hospitalizado. A Polícia Militar informou, na manhã deste domingo (9), que o sargento Gillard Silva Ferreira, de 45 anos, lotado no Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), foi vítima de disparos de arma de fogo no conjunto Jardim Paraíso, no bairro 40 horas, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. O policial estava lanchando, em via pública, com a mulher e um amigo, quando três homens, não identificados, começaram a atirar contra eles. O sargento e a esposa dele conseguiram se proteger, mas o amigo dele foi atingido nas costas e na perna. Os criminosos fugiram do local.

Uma equipe do Grupamento de Resgate do Corpo de Bombeiros Militar foi acionada para prestar socorro às vítimas, que foram conduzidas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Nova. O sargento Gillard foi atingido de raspão nas costas, sem gravidade. E, após atendimento médico, liberado. O amigo dele permanece internado para a realização de outros procedimentos médicos.

Policiais militares do 24º Batalhão realizaram rondas ostensivas na área da ocorrência. Mas, até o momento, não conseguiram localizar os responsáveis pelo crime. As buscas permanecem neste domingo.

Em um áudio, que circula nas redes sociais, um homem, que seria o sargento, diz: "Companheiros, urgente. acabei de ser baleado. Tentaram me matar aqui na minha casa, no conjunto onde moro, no Jardim Paraíso, no 40 horas". Ainda de acordo com essa versão inicial, que também circula nas redes sociais, três homens pularam o muro, entrando pelos fundos do conjunto, e fizeram os disparos. Dois deles, ainda conforme as informações que circulam nas redes sociais, já foram identificados: "Lourivalzinho", que ganhou liberdade há poucos dias, e "Cara de Arara".

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!