Corpo é encontrado com tiro no peito após perseguição policial em mata no Aurá

Última fez que Cristiano foi visto com vida foi na tarde de ontem, após fugir da polícia em um carro roubado

Redação Integrada

O corpo do jovem Cristiano Henrique Costa Cardoso, de 25 anos, foi encontrado em uma área de mata na manhã desta sexta-feira (11) no bairro do Aurá, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém. A suspeita é que o rapaz tenha sido morto a tiros durante uma perseguição com a Polícia Militar na tarde de ontem, e o boletim de ocorrência foi registrado como morte em decorrência de interveção policial.

LEIA MAIS:
- Homem é morto a tiros no Icuí-Guajará, em Anindeua

O cadáver foi encontrado pela própria mãe de Cristiano e por outros populares, com um tiro no peito, por volta de 10h em um terreno baldio às margens da Estrada de Santana do Aurá, perto da Rua Beta, que fica dentro do Loteamento Ariri.

Uma tia do jovem, que falou com a Polícia Civil, disse que a última vez que o Cristiano foi visto foi ontem, quando estava em fuga da Polícia Militar em um carro roubado, junto com um outro comparsa. O veículo teria sido roubado na rodovia BR-316 e, quando eles tentaram entrar no bairro do Aurá, houve o confronto com a PM.

O comparsa foi preso pelos policiais, mas Cristiano entrou na mata e desapareceu, até ter o corpo encontrado na manhã de hoje. O Corpo de Bombeiros foi acionado para tirar o corpo da mata e o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves foi acionado e fez a remoção cadavérica.

Polícia