Carro colide com casa após motociclista assassinar o condutor em Castanhal

Segundo populares, morte pode ter sido motivada como vingança após um acidente de trânsito; polícia ainda investiga

Um homem, que ainda não foi formalmente identificado, foi morto a tiros na tarde desta segunda-feira (15), em Castanhal, município-polo do nordeste paraense. O rapaz foi assassinado dentro de seu carro em uma movimentada rua do bairro Ianetama, por volta de 14h. Testemunhas contam que um homem em uma motocicleta emparelhou e, sem dizer qualquer palavra, disparou contra o motorista, que morreu na hora. Ainda não se sabe o que pode ter motivado a execução, mas muitas pessoas na cena do crime tinham uma suposta explicação: vingança após um acidente de trânsito.

 O crime foi na passagem Velasco, entre a avenida Marechal Deodoro e a rodovia BR-316. Segundo o coronel Prata, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), os curiosos que foram ao local contaram que o carro que o homem estava dirigindo teria se envolvido em um acidente na madrugada, ferindo uma pessoa. O fato do condutor ter sido morto algumas horas depois fez com que as pessoas ligassem uma coisa a outra, acreditando que o assassino veio para se "vingar" pelo acidente. Apesar de citar essa teoria, o coronel não confirmou ou negou que ela realmente tenha servido de motivação, e se limitou a dizer que somente a investigação da Polícia Civil pode esclarecer o que realmente houve.

O homem, que dirigia um carro branco modelo Volkswagen Gol, foi  caiu sobre o volante a ser morto, e perdeu o controle do veículo, colidindo com uma casa. O motociclista fugiu. Segundo o Instituto Médico Legal (IML), cerca de três horas depois do crime, o homem continua sem identificação, já que a perícia criminal estava em Capitão Poço para apurar um outro caso e ainda não havia retornado para realizar os procedimentos. Até o final da tarde, nenhum suspeito havia sido identificado. 

Polícia