Caixa d'água que desabou em Almeirim matou duas pessoas e feriu dez, diz governo

Equipes seguem realizando buscas nos escombros e apura causas. Laudo sai em dez dias

Victor Furtado

Um reservatório, do novo Sistema de Abastecimento de Água de Almeirim, desabou no início da noite desta quarta-feira (5). Pelo menos duas pessoas estão mortas e dez pessoas ficaram feridas, confirtmou nesse início da tarde do governo do Estado, que coordena o socorro no local e apura o incidente. As buscas seguem nos escombros da estrutura, que destruiu parte da unidade de saúde de triagem para covid-19 e uma casa próxima. O Governo do Estado lamentou o fato e deslocou várias equipes de apoio ao município da região do Baixo Amazonas paraense. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

 

 

Publicado por Fernando Farias em Quarta-feira, 5 de agosto de 2020

 

Duas mortes e dez feridos


Era entre 17h e 18h quando a caixa d'água desabou. Logo pela manhã, muitas informações ainda estavam desencontradas. Elas só foram consolidadas na manhã desta quinta-feira (6) pela Secretaria de Estado de Comunicação (Secom). O Corpo de Bombeiros Militares e o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves estão desde cedo no local, para análise da situação e resgate de vítimas que ainda podem estar presas nos escombros.

O governo do Estado informou neste início de tarde que, segundo apontam as informações preliminares, duas pessoas morreram e pelo menos dez ficaram feridas. A Polícia Civil instaurou o inquérito para apurar o caso e ainda nesta quinta-feira (6) testemunhas estão sendo chamadas para prestarem depoimentos.

Laudo sairá em dez dias


O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) realiza a perícia no local. O laudo que deve apontar as causas do desabamento será divulgado no prazo de dez dias. 

Em nota também publicada este início de tarde, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop) disse que lamenta o ocorrido e informou que técnicos da secretaria já estão avaliando a situação no local do desabamento, em Almeirim. A Sedop já notificou a empresa responsável pela obra do reservatório elevado para prestar esclarecimentos. 

 

https://www.facebook.com/antonio.arnoud.71/videos/174686910796738/

Publicado por Eu amo Almeirim em Quarta-feira, 5 de agosto de 2020

 

Ainda na noite, vários esforços foram mobilizados pelo Estado, pela Prefeitura de Almeirim e pela empresa Ditron Engenharia, que conduz a obra. O engenheiro responsável deverá ser ouvido pela Polícia Civil. Duas das pessoas que morreram, até agora confirmadas, são pai e filha, identificados como Raiane (que foi socorrida, mas não resistiu) e Raimundo (morto no local). Nas redes sociais digitais, várias pessoas lamentavam as mortes deles.

Raimundo e a filha Raiane estão entre os mortos até agora confirmados (Reprodução / Redes Sociais)

Esse sistema estava sendo construído há alguns anos e tinha previsão inicial de entrega em 2016. Há recursos do Governo do Estado, da Prefeitura e da Fundação Nacional da Saúde (Funasa). Porém, a obra foi paralisada várias vezes por atraso nas verbas federais. Esse reservatório destruído tinha capacidade para 100 mil litros de água.

Reservatório de 100 mil litros já deveria ter sido entregue desde 2016. (Divulgação / Prefeitura de Almeirim)

Em nota, a Secretaria de Obras Públicas do Estado do Pará (Sedop) informou que "...lamenta o ocorrido nesta quarta-feira (5), em Almeirim. A Sedop informa que enviou técnicos responsáveis para avaliar a situação e já acionou a empresa responsável pela obra da caixa d’água. A Secretaria de Defesa Social e Segurança Pública (Segup) deslocou para o município equipes do Corpo de Bombeiros e do Centro de Perícias Renato Chaves. A Polícia Civil já instaurou inquérito para apurar o caso e no início da noite desta quarta-feira ouviu o engenheiro responsável pela obra".

 

Arquidiocese de Santarém manifesta solidariedade às vítimas

 

Em nota, a Arquidiocese de Santarém manifestou "...apoio e solidariedade às famílias das vítimas do desabamento de uma caixa d’água no município de Almeirim ocorrido nesta quarta-feira, 5 de agosto de 2020. Nos unimos em oração pela dor dos que perderam seus entes queridos e também aos sobreviventes que ficaram feridos nesta tragédia. Pedimos às autoridades competentes que deem toda a assistência às vítimas e às famílias que muito sofrem neste momento".

"Sei que vivemos em tempos difíceis, mas não percamos a fé e a esperança em Nosso Senhor Jesus Cristo, pois Ele é o Caminho, a Verdade e Vida. Rogamos à Nossa Senhora da Conceição, padroeira da Arquidiocese de Santarém e da Paróquia da cidade de Almeirim, que cubra com seu manto sagrado os sobreviventes e as famílias daqueles que perderam seus entes queridos nesta tragédia", comunicou a instituição.

O governador Helder Barbalho se manifestou nas redes sociais sobre o acidente no Município de Almeirim: "Minha solidariedade aos moradores de Almeirim pela tragédia ocorrida ontem no município. O governo do Estado já está prestando apoio às vítimas e vai tomar todas as providências para apurar as responsabilidades".

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA