Moradora de edifício na Avenida Nazaré comenta relação com as procissões do Círio

Por

O segundo domingo de outubro começa cedo no apartamento da pedagoga Raquel Ferreira, 38 anos. A varanda dela possui uma visão privilegiada para a avenida Nazaré, no centro de Belém. Nesse local, a moradora consegue acompanhar quase todas as procissões do Círio. O edifício onde ela reside, localizado entre as travessas Dr. Moraes e Benjamin Constant, acaba virando ponto de encontro dos familiares e amigos da também intérprete de libras

VÍDEOS