Pedreiro morre soterrado durante obra em Parauapebas

A terra que foi retirada para dar lugar às peças em uma vala acabou deslizando e caindo em cima de Oziel

Redação Integrada

Quando o pedreiro Oziel José dos Santos deixou sua casa em Fortaleza (CE) para tentar a vida em Parauapebas, no Pará, ele não poderia imaginar que morreria soterrado no desabamento de uma obra durante o exercício de sua profissão. Na tarde desta quinta-feira (14), o homem estava trabalhando na zona rural do município do sudeste paraense, na estrada de acesso à região de Três Voltas, quando ocorreu o acidente.

Era por volta 13h quando o barranco desabou. O patrão de Oziel foi até a 20ª Seccional de Polícia Civil para comunicar a acidente. Oziel trabalhava em uma tubulção, instalando peças metálicas para unir canos de drenagem de água (manilhas). A terra que foi retirada para dar lugar às peças acabou deslizando e caindo em cima da vítima. 

Homens do 23º Grupamento Bombeiro Militar foram acionados e se deslocaram ao local, mas quando chegaram para dar atendimento à vítima, Oziel já estava morto. O caso está sendo apurado pela Delegacia de Parauapebas. 
 

Pará