MEC convoca universidades para checagem de dados do Enade

Informações de estudantes e cursos podem ser alteradas apenas até 30 de agosto

Redação integrada de O Liberal

As instituições de ensino superior do Brasil têm prazo definido até 30 de agosto para corrigir informações de estudantes e de cursos voltadas à realização do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2019. Sem a retificação de dados errados, o aluno e a instituição não podem participar do exame.

Sistema Enade
Sobre o Enade
 

As alterações devem ser realizadas exclusivamente pela internet, no Sistema Enade, disponibilizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC).

De saúde a engenharias
 

Este ano, serão avaliados os estudantes dos cursos vinculados às áreas de Ciências Agrárias, Ciências da Saúde e áreas afins; Engenharias e Arquitetura e Urbanismo; e grau de tecnólogo nos cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e segurança.

O Enade será aplicado no dia 24 de novembro deste ano com o objetivo de avaliar o aprendizado de universitários em diferentes cursos. O exame deve ser realizado por estudantes ingressantes e concluintes dos cursos selecionados. Por ser componente curricular obrigatório, a prova é indispensável para o universitário que for formando obter o diploma.

Os coordenadores de cursos podem acessar a plataforma de capacitação para o Sistema Enade

Acesse a página do governo e saiba mais sobre o Enade.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!