Maior hospital público do Pará deve gerar mais de mil empregos diretos

Com informações da Agência Pará

Nesta quinta-feira (8), representantes da Organização de Serviço em Saúde (OSS) Associação da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu e técnicos da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) estiveram no Hospital Regional Dr. Abelardo Santos, no distrito de Icoaraci. A visita integra o processo de transferência da gestão do Hospital, motivada pela inauguração já anunciada para o próximo mês de setembro.

O anúncio foi feito pelo governador do Pará, Helder Barbalho, na noite da última quarta-feira (7), durante assinatura do contrato de gestão com a Organização de Serviço em Saúde. Durante o ato, o governador destacou a importância do funcionamento do Hospital para moradores de Icoaraci e também de toda a Região Metropolitana de Belém e a ampliação da oferta de vagas de empregos formais.

O Hospital Abelardo Santos ofertará mais de mil empregos diretos, e com maior número de vagas destinadas aos profissionais das áreas de enfermagem, técnica em enfermagem e setores administrativos. Segundo Régis Pauletti, serão observadas prioritariamente as capacitações técnicas dos profissionais que residem em Icoaraci, a fim de movimentar a geração de emprego local.

Ainda segundo o diretor Administrativo da OSS, os critérios que deverão ser adotados para o processo de escolha dos currículos seguirão os perfis utilizados em todo o Brasil. “Este processo será aberto a toda a população e os currículos serão analisados seguindo os trâmites legais, a legislação vigente, objetivando transparência e buscando profissionais com experiência”, afirmou Régis Pauletti.

O prédio do Hospital Abelardo Santos possui mais de 28 mil metros quadrados. A primeira etapa da obra, que será inaugurada em setembro, contará com 269 leitos e vai gerar mais de mil empregos. Ao final de todo o processo, a unidade contará com 369 leitos, ampliando para mais de 2 mil o número de empregos diretos. Uma estimativa de cinco a seis vagas de emprego por leito.

Estruturação - Helder Barbalho frisou a grande oportunidade de novos empregos. “Nós assinamos o contrato e, a partir de agora, a Organização Social responsável pela gestão do hospital passará para o chamamento dos profissionais. Serão 1.100 profissionais que estarão trabalhando no 'Abelardo Santos' e, neste período de adaptação e contratação, que deve gerar em torno de 30 ou 45 dias, nós estaremos consolidando toda a estruturação, para que em setembro possamos abrir as portas do Hospital e atender à população do nosso Estado. Vamos gerar empregos importantes em diversas áreas, desde médicos, enfermeiros, assistentes, e em atividades-meio, a turma que fica na retaguarda, dando todas as condições para que o Hospital possa funcionar com qualidade e bem servir à população paraense”, reiterou o governador.

A Organização de Serviço em Saúde (OSS) Associação da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu ainda confirmará como serão feitos os cadastros dos currículos.

Serviço: O Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci, funcionará como porta de entrada de atendimento. Terá Urgência e Emergência em obstetrícia, urgência referenciada em Pediatria, Neurologia e Nefrologia, Reumatologia, com atendimento 24 horas, além de atendimento Ambulatorial, Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT) e Hospitalar.

 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!