Menino com paralisia cerebral recebe doações de cadeiras de roda e de banho

Uma corrente de solidariedade começou por conta do apelo da mãe do pequeno Ruan Henrique, divulgado por O Liberal

Eduardo Rocha

O pequeno Ruan Henrique, de 6 anos de idade, tem paralisia cerebral e mora com a mãe Vanessa Gomes, de 30 anos, autônoma, e o irmão Luiz Guilherme, de 10 anos, no bairro do Guamá. Ele reebeu uma cadeira de rodas e uma de banho para facilitar o dia-a-dia do menino. A família passou a ser auxiliada por pessoas que se sensibilizaram com as dificuldades enfrentadas por eles na pandemia da covid-19, a partir da divulgação do caso em OLIBERAL.COM, na última sexta-feira, 26 de março.

"Só uma mãe sabe o que é receber uma ajuda para o bem-estar do filho", disse Vanessa, nesta quinta-feira (1º). Como relata, na quarta-feira (31), a família recebeu a doação de uma cadeira de banho, obtida mediante a mobilização da ex-professora de Ruan, conhecida como Ivanete, e de um grupo de amigos da docente. E, nesta quinta-feira (1º), foi a vez de Vanessa Barreiros, empresária de produtos hospitalares, doar uma cadeira de rodas ao menino.

image
A tão sonhada cadeira de rodas vai ajudar o menino Ruan a ter mais mobilidade (Ivan Duarte / O Liberal)

A cadeira de banho, como ressalta a mãe do menino, será de grande utilidade, porque era difícil dar banho nele. Agora, ela pode ter um melhor posicionamento para não mexer muito na coluna do garoto, nem machucá-lo. "Já a cadeira de rodas [adaptada] vai ajudar muito, porque ele vinha usando uma que tinha desde os três anos de idade e ficava mal posicionado, feria os pés, tudo improvisado", salienta a mãe.

Mesmo com as dificuldades, Ruan está matriculado no 1º ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Francisco Nunes, após ter estudado na Escola Estadual Barão de Mamoré, em 2020.

De mãe para mãe

"Eu tenho um filho especial, de 12 anos de idade, e participo de um grupo [criado por ela] no WhatsApp de mães de crianças especiais chamado 'Mães Especiais', para trocarmos informações. E, então, uma das mães, a Ângela, na terça-feira relatou ter visto no jornal impresso [O Liberal] matéria falando de uma criança que precisava de uma cadeira de rodas. Quando eu consegui falar com mãe do menino, o Ruan, marcamos um lugar para nos encontrarmos e repassei a cadeira a ela", conta a doadora Vanessa Barreiros.

Vanessa atua em ações sociais, por meio do grupo Amigos Especiais. "Fico feliz em poder dar qualidade de vida a uma criança que precisa de solidariedade, de amor. A pandemia não é barreira para  ajudar ao próximo", completa.

Aluguel

image A família de Ruan já recebeu doações, mas ainda precisa de ajuda para pagar o aluguel de onde moram (Ivan Duarte / O Liberal)

Desde que a reportagem sobre Ruan foi veiculada por O Liberal, Vanessa Gomes recebeu 17 pacotes de fraldas descartáveis tamanho "G infantil" para o menino e mais oito cestas básicas, além de produtos para banho e limpeza da criança. "Eu agradeço a todos que estão me ajudando", afirma Vanessa, que paga R$ 600 de aluguel. Aliás, esse é um novo desafio na vida da família de Ruan, porque a mensalidade do aluguel venceu no dia 31 de março, e a mãe não tem dinheiro para quitá-la. A mãe do menino continua precisando de fraldas para o garoto e, agora, de recursos para pagar essa conta.

Ela presta serviço esporadicamente em uma funerária. Para isso, tem de deixar as crianças sob a guarda da esposa de um primo. "Eu agradeço a quem tem me ajudado e ao Grupo Liberal, em especial, ao fotógrafo Ivan Duarte [de O Liberal], com quem eu falei quando estava trabalhando pela funerária, lá no Pronto Socorro do Guamá, para ver se dava para fazer uma matéria sobre ajuda ao Ruan", destaca Vanessa.

Para fazer doações ou saber mais informações sobre a situação de Ruan e sua família, o contato é por meio do telefone: 98564-6570. As doações podem ser feitas também pelo Pix do primo dela, Wallace Douglas Santos dos Santos, pela chave 91980401121.

Fazendo o bem
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS