Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Volante do Remo sobre chances de rebaixamento na Série B: 'Vamos afastar esse fantasma'

Leão recebe a Ponte Preta neste domingo (24), às 16h, no Baenão

O Liberal

Após uma pausa para a Copa Verde, o Remo volta a focar totalmente na Série B. A equipe do técnico Felipe Conceição volta a campo neste domingo (24), às 16h, no Estádio do Baenão, contra a Ponte Preta-SP. O Leão tem aqui uma oportunidade de quebrar a sequência de quatro jogos sem vencer no torneio. Isso, justamente contra a Macaca, segundo pior visitante no torneio - apenas uma vitória.

Retornos, desfalques e pendurados: saiba a situação do Remo para o jogo contra a Ponte Preta pela Série B Leão enfrenta a Macaca no domingo (24), às 16 horas, no Baenão

Remo divulga boletim médico e não terá o atacante Rafinha contra a Ponte Preta-SP Jogador se machucou no jogo contra o Galvez-AC pela Copa Verde e ficará de fora por pelo menos 15 dias

Ainda assim, para o volante Marcos Júnior, nada disso assegura uma partida fácil ao Remo: "Nessa reta final de campeonato, não tem essa que não tem ganhado fora, ou não está jogando bem. Nessa reta final de Brasileiro, todo mundo quer somar pontos para atingir as suas metas. Acho que vai ser um jogo difícil como todos", avaliou o jogador.

Permanência

Ainda com chances matemáticas de rebaixamento, o Leão está muito próximo de alcançar os 43 pontos - faltam apenas cinco. Essa é a meta do técnico Felipe Conceição, para que o clube garanta a permanência. Marcos Júnior, titular nos últimos seis duelos, analisou como o elenco encara o atual cenário do clube na Segundona:

"Perigo sempre vai ter [de rebaixamento, antes de alcançar a meta]. Mas a gente está bem, com a cabeça boa para que isso não aconteça. Logo logo vamos afastar esse fantasma aí de perto e vamos manter o time na Série B, no ano que vem", disse.

A partida entre Remo e Ponte Preta-SP tem transmissão lance a lance pelo portal OLiberal.com. Acompanhe o pré e pós-jogo no Facebook e YouTube de O Liberal.

Confira o restante da entrevista de Marcos Júnior:

Goleada na Copa Verde:

"Vejo como uma boa oportunidade não só para quem não estava jogando, mas para quem estava também. Todo jogo é diferente, é uma nova oportunidade. A gente não sabe o que vai acontecer depois. É bom uma vitória como essa, que nos traz motivação e confiança".

Análise da atuação nos 9 a 0 sobre o Galvez-AC:

"Eu ter ido bem no jogo passado, ter comandado o meio-campo, passa muito pelo o que o professor pede e o que a equipe demonstrou em campo. Quando fazemos o que foi proposto, fazemos bem. Sobre ter que jogar com dois meias e dois volantes, quem tem que decidir é o Felipe, não sou eu".

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES