"Respondemos a uma provocação", diz zagueiro do Remo sobre jogadores do Paysandu

Marcão também comentou sobre o momento do finalista do Parazão 2019

Redação Integrada

Zagueiro do Remo, Marcão pode se considerar um beneficiado. Embora tenha sido contratado no final de fevereiro, teve aproximadamente um mês para treinar e se preparar para encarar a fase decisiva do Parazão. Ele só iria estrear contra o Paysandu, no dia 24 de março. 

Desde então, foram quatro jogos e apenas um gol sofrido. Boa parte desse bom número tem que ser credenciado ao goleiro Vinícius, de fato, herói da classificação à final do Campeonato Paraense. 

Além de Vinícius, Marcão e Kevem tem formado um miolo de zaga seguro e de boa qualidade técnica, principalmente, evitando bolas aéreas ofensivas. 

Na entrevista exclusiva a seguir, Marcão comentou o momento, falou sobre Re-Pa e, por fim, deu a sua versão sobre a brincadeira que os azulinos tiraram com o rival Paysandu, eliminado na semifinal.   

A final 

"Não tínhamos preferência de adversário. Nosso foco está em levar o Remo ao título independentemente de quem enfrentarmos. O Independente teve méritos por chegar à decisão e mostrou sua força. Vamos estudá-los e entrar em campo com muita atenção para brigarmos pelo título".


Na primeira fase, Remo e Independente jogaram duas vezes: uma vitória do Leão , em Tucuruí, e um empate em 1 a 1 em Belém.  

"Tiramos lições valiosas daquele jogo e temos consciência do que não podemos repetir agora nessas decisões. O professor Márcio tem nos passado várias orientações e até domingo estaremos prontos para o primeiro duelo. Estamos em uma crescente e evoluindo a cada treino".


Quatro jogos e apenas um gol sofrido

"Fui muito bem recebido por todos no clube. Fiquei um tempo apenas treinando até ser regularizado e, quando joguei, já estava em adaptado. Estou entrosado com meus companheiros e muito feliz com este momento".
 

Brincadeira com o rival

"Vimos como foi difícil chegar à final de um campeonato tão importante como o Paraense. Ouvimos coisas que não nos agradou, mas usamos como motivação para não desviarmos o foco. Hoje estamos na decisão estadual e colhendo aquilo que plantamos. Respondemos a uma provocação e acabou por aí".

 

Leia mais

Jogadores e dirigente do Remo provocam o Paysandu após eliminação do Parazão

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!