'Nosso desejo de ganhar é enorme', garante volante do Remo sobre o Re-Pa

Clássico entre Remo e Paysandu está marcado para as 18h deste domingo (23), no Mangueirão

Redação Integrada

Os trabalhos do Remo de olho no clássico contra o Paysandu, neste domingo (23), às 18h, no Mangueirão, em Belém, já começam na manhã desta segunda-feira (17), com treino físico em academia e psicológico no sentido de se preparar mentalmente para a partida.

O clássico de número 748 da história do futebol terá azulinos embalados pela liderança da Série C, apesar da derrota sofrida na última rodada para o São José, em Porto Alegre (RS). No lado do Paysandu, a pressão é total por resultados, haja vista que o clube não vence há oito jogos, sendo seis pela Terceirona e dois pela Copa do Brasil. A última vitória foi no dia 6 de maio sobre a Tombense, na Curuzu.

Para o volante Rafael Tufa, que ganhou oportunidade como titular na última rodada, o Re-Pa passou a ser o clima no Leão a partir do momento em que o árbitro William Machado Steffen (SC) encerrou o jogo contra o São José (RS).

"[Assim como Belém], nós também respiramos este clássico. Sentimos isto andando na rua. A cobrança é muito grande. O nosso desejo de ganhar é enorme. Vamos trabalhar com certeza muito forte esta semana para buscar os três pontos no final de semana", disse.

Com clima mais tranquilo e números melhores na temporada, o Leão chega com leve vantagem. Tufa deixou o protocolo de lado e fez questão de ressaltar este aspecto do clássico deste domingo: "É um tempero bom. Nossa equipe gosta de jogar assim e vamos trabalhar para ganhar deles no final de semana".

Apesar da confiança, Rafael Tufa não deve ser o titular do técnico Márcio Fernandes para o Remo que vai reencontrar o Paysandu em um campeonato brasileiro após 13 anos. O volante Yuri, que esteve suspenso na última rodada, volta a ficar à disposição e deve ser o titular da posição, ao lado de Ramires.

O restante da equipe remista deve ser o mesmo que vem sendo utilizado, com Vinícius no gol; Rafael Jansen improvisado na lateral direita, Marcão e Fredson na zaga e Daniel Vançan na lateral esquerda. No meio-campo, Yuri e Ramires farão a proteção do sistema defensivo, com Douglas Packer e Carlos Alberto como os meias de criação. No ataque, Gustavo Ramos será a velocidade e Emerson Carioca a referência. Vale destacar que o centroavante ex-Paysandu, Marcão, deverá estar no banco de reservas remista.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!