Há exatos 80 anos, Remo aplicava sua maior goleada sobre o Paysandu

Leão venceu por 7 a 2 em um amistoso, com destaque para Jango, que marcou cinco gols

Redação Integrada

Enquanto os azulinos de Márcio Fernandes e os bicolores de João Brigatti se preparam para a retomada do campeonato paraense após a parada para o Carnaval, a história aquece a rivalidade entre Remo e Paysandu. Isto porque, há exatos 80 anos, o Leão aplicava a sua maior goleada sobre o rival: 7 a 2.

O jogo foi realizado no dia 5 de março de 1939, dentro da Curuzu, em Belém, em caráter de amistoso. Isto tudo meses depois do Papão ter completado 10 anos da compra do estádio, que pertencia à empresa Ferreira & Comandita. 

Foto: Arquivo

O destaque daquele dia foi o eficiente Jango (foto). Natural de Soure, no Marajó, o jogador conseguiu marcar cinco gols e se tornou o atacante que mais marcou gols em um mesmo Re-Pa. Os outros tentos foram anotados por Moacyr e Pelado para o Remo, além de Imar e Heitor para o Paysandu.

Apesar do dia histórico, Jango não conseguiu manter a fase goleadora por muito tempo em clássicos, haja vista que ele não aparece na lista dos dez maiores artilheiros do dérbi. Veja abaixo!

1° Hélio (Paysandu) - 47

2° Itaguary (Remo-Paysandu) - 30

3° Cacetão (Paysandu) - 28

3° Quarenta (Luiz Gonzaga Lebrego) Paysandu - 28

4° Bené (Paysandu) - 26

5° Quiba (Remo) - 24

6° Carlos Alberto (Paysandu) - 23

7° Jaime (Remo-Paysandu) - 22

8° Farias (Paysandu) - 21

9° Jeju (Remo-Paysandu) - 21

10° Santo Antonio (Remo) - 19

Remo