Fora de casa, Remo empata com o Juventude e se mantém invicto na Série C

Leão suportou a pressão da equipe gaúcha e conquistou um ponto

Redação Integrada

Na primeira partida longe de Belém na Série C, o Remo conquistou um ponto, ao empatar em 1 a 1 com o Juventude-RS, na tarde deste sábado (4), no estádio Alfredo Jaconi, na cidade de Caxias do Sul (RS). 

O Remo levou pressão na etapa inicial e na bola parada o Leão chegou ao primeiro gol. Na cobrança de escanteio, o zagueiro Fredson, de cabeça, aos 17 minutos do primeiro tempo, marcou para o time azulino. Ainda no primeiro tempo o Juventude chegou ao empate. Aos 34 minutos Jhon Lennon recebeu na direita, dominou e chutou na saída do goleiro azulino, deixando tudo igual, 1 a 1. 

ATAQUE CONTRA DEFESA

O Remo adotou uma postura de esperar o Juventude nos primeiros minutos de jogo e quase pagou caro por isso. A equipe alviverde amassou o Remo nos instantes iniciais da partida e por pouco não abriu o placar. Eltinho foi o primeiro a ter a chance. Após cruzameno na área, o jogador do Juventude cabeceou para fora, sozinho na área. 

Aos cinco minutos foi a vez de Dalberto, que recebeu na entrada da área e arriscou, a bola desviou na zaga azulina e passou perto do gol de Vinícius.  Já aos 15 minutos Dalberto  cruzou na área e a bola passou de todo mundo, levando perigo ao time azulino. 


FESTA REMISTA

O Remo se segurava na partida e quando foi ao ataque arrumou um escanteio. O meia Douglas Packer cobrou na medida e o zagueiro Fredson testou para o chão, sem chances para o goleiro Marcelo Carné. Remo 1 a 0, aos 17 minutos. 


SEM CRIATIVIDADE 

Mesmo vencendo, o Remo não conseguia encaixar uma jogada ou triangulação e não oferecia perigo ao time gaúcho. E o Juventude foi para a cima atrás do empate, que quase veio aos 27 minutos com  Braian Rodriguez, que cabeceou sozinho, após receber cruzamento de Vidal pela direita. 


QUASE O EMPATE DO JUVENTUDE

Em uma saída errada da equipe do Remo, o Juventude quase aproveita a falha para empatar o jogo. Sananduva recebeu de John e arriscou e a bola passou muitop perto do goleiro Vinícius. 


NÃO AGUENTOU!

A presão do time jaconero estava grande e o Remo não conseguiu impedir o ímpeto da equipe gaúcha. Aos 34 minutos Jonh Lennon recebeu na direita e sozinho, dominou e mandou na saída do goleiro remista. Tudo igual, no Alfredo Jaconi, 1 a 1. 


SAIU

Antes do término da primeira etapa, o Remo perdeu o meia Douglas Packer, que sentiu dores na panturrilha e foi substituído por Djalma. 


SÃO VINÍCIUS

Na volta do intervalo o Remo até teve uma chance com Gustavo Ramos, que chutou fraco para a defesa do goleiro do Juventude, mas foi a equipe da Serra Gaúcha que quase marca com Rafael Bastos, ex-Remo, que dentro da área mandou um chute forte e o goleiro azulino fez boa defesa, livrando o leão de tomar a virada.


CHANCE INCRÍVEL

O Remo controlou o jogo e pouco foi ao ataque, mas quando foi, teve ótima chance. O atacante Emerson Carioca recebeu na direita, driblou o zagueiro e mandou para fora, desperdiçando uma chance incrível de colocar o leão à frente do marcador.


MAIS UMA VEZ VÍNICIUS!

Atuando em casa, o Juventude foi para cima e quase conseguiu o gol com Dalberto, que após dividida, pegou a sobra e chutou forte, para a defesa do goleiro Vinícius. Com o empate o Remo soma agora quatro pontos na tabela do grupo B da Série C. O próximo jogo dos azulinos é no sábado (11), às 17h15, no estádio Passo das Emas, em Mato Grosso, Já o Juventude encara o Paysandu, também no sábado (11), às 19h15, na Curuzu, em Belém. 

FICHA TÉCNICA
JUVENTUDE 1 X 1 REMO - 2ª RODADA DA SÉRIE C


Local: estádio Alfredo Jaconi - Caxias do Sul (RS)
Data: 04.05.2019
Horário: 17h15

Público: 2.817 pagantes (2.965 presentes)

Renda: R$ 34.250,00


Árbitragem
Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)
Auxiliares: Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)


Cartões amarelos
Juventude: Sidimar
Remo: Fredson


Gols
Fredson 17'/1T (Remo) e John Lennon 34'/1T (Juventude)


Juventude: Marcelo Carné; Vidal, Genilson, Sidimar e Eltinho; João Paulo, John Lennon (Bruno Alves), Sananduva e Rafael bastos (Caprini); Dalberto e Braian Rodriguez (Paulo Sérgio). Técnico: Marquinhos Santos. 


Remo: Vinícius; Rafael Jansen, Fredson, Marcão e Ronaell; Yuri, Ramires, Douglas Packer (Djalma) e Carlos Alberto; Gustavo Ramos (Alex Sandro) e Emerson Carioca (Mário Sérgio). Técnico: Márcio Fernandes. 

Remo