Paysandu vai punir jogadores expulsos, confirma presidente do clube

Ricardo Gluck Paul confirmou a punição à reportagem

Nilson Cortinhas

Em conversa com a Redação Integrada de O Liberal, o presidente do Paysandu, Ricardo Gluck Paul, confirmou que o clube vai punir os jogadores que foram expulsos nos últimos quatro jogos. Gluck Paul não especificou a forma de punição, em geral, no entanto, envolve punição financeira. 

Contra o Boa Esporte-MG, o meia Thiago Primão foi expulso por duas faltas, praticamente, seguidas. Diante do Internacional-RS, o lateral-direito Bruno Oliveira fez falta em Paredes e também recebeu cartão vermelho. A situação seguiu na partida frente ao São José-RS, quando o volante Caíque Oliveira fez uma falta desnecessária na lateral ofensiva bicolor. O juiz expulsou sem 'pensar duas vezes'. Na partida de sábado (08), o meia Marcos Antônio foi expulso com apenas 10 minutos de jogo. Marcos Antônio agrediu o atleta do Atlético-AC e, justamente, o árbitro mostrou o cartão vermelho.   

O Paysandu vive péssima fase no Brasileirão da Série C, com duas derrotas e três empates. Está na sétima colocação, fora da faixa de classificação. 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!