Paysandu foi irregular contra o Castanhal, constata treinador

João Brigatti reclamou do campo pesado

O Paysandu não segue com o padrão 100% no Parazão. O empate de 0 a 0 com o Castanhal no Modelão frustou os bicolores. O Papão foi bem no primeiro tempo, fazendo jogo de controle de bola e criando chances de gols. Foram várias oportunidades perdidas. O goleiro Mota teve pouca ação.

E, na fase final, o bicola não apresentou o mesmo impeto e acabou dominado pelo Japiim. O time cansou. O técnico bicolor, João Brigatti, procurou retomar as força da equipe com as entradas de Alan Calberg e Elielton, ambos não renderam, no entanto.

"O time jogou bem no primeiro tempo, logicamente, agradou. E no segundo, caiu bastante. Isso era de esperar pelo estado do gramado. O time sentiu a diferença de gramado, mas não chega ser uma desculpa pelo empate. A equipe não jogou seu melhor futebol e hoje (domingo) tivemos uma quebra de boa sequência", explicou.

Brigatti comentou que o Paysandu poderia ter saído no primeiro tempo com dois gols ou mais na frente. "Faltou a bola entrar. Chances foram criadas. O campo pesado não deixou o time jogar mais no segundo tempo. O meio-campo não produziu", ressaltou.

A semana de trabalho promete e Brigatti diz que o Paysandu precisa treinar bastante para corrigir os erros do jogo com o Castanhal para ter boa apresentação contra o Remo. Indagado sobre o fato do rival jogar no meio de semana, Brigatti não considerou que isso favorece seu time. "Isso não existe. Eles (Remo) tem o jogo deles. Não tem vantagem em classico. É tudo nivelado. O Paysandu tem de estar bem preparado. Precisamos corrigir o nosso erros".

 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!