Paysandu: Brigatti confirma volante contra o Manaus, garante equipe ofensiva e pede equilíbrio ao time

O Papão está na sétima posição com 15 pontos e encara um adversário direto na luta pelo G-4

Fabio Will

A hora do reestreia pelo Paysandu está próxima. O técnico João Brigatti, que foi demitido do Paysandu em 2019 e retornou nesta semana terá seu primeiro compromisso frente ao elenco bicolor neste sábado (31), às 19h, contra o Manaus-AM, no Mangueirão pela Série C. O comandante alviceleste sabe da responsabilidade que é dirigir o clube paraense em um momento delicado.

De acordo com Brigatti, a primeira semana de treinos com o elenco foi bastante produtiva. O treinador avaliou as peças e garante que o Paysandu terá uma postura totalmente diferente do que venha apresentando, com intensidade e se impondo no jogo.

“A semana foi produtiva, os atletas se empenharam nos treinos, conseguimos realizar situações de jogadas da maneira que se espera e pretende atuar. Não tem surpresa alguma, todos estão aptos a jogar e aqueles que optarmos não será surpresa, temos um elenco forte e qualificado e acredito que nesse jogo eles apresentem alguma situação diferente em relação a imposição ao adversário”, disse.

FUTEBOL APRESENTANDO DURANTE A SÉRIE C

Brigatti garante a formatação do Paysandu em campo contra o Manaus será ofensiva, já que o jogo é encarado como uma decisão por parte dos bicolores, que terão pela frente eum concorrente direto pela classificação à próxima fase da Terceirona.

“Penso em uma equipe sempre ofensiva, buscando os resultados, lógico que é preciso ter equilíbrio, organizado em campo para que possamos ter imposição física e técnica de qualidade para que nossos atletas possam ter individualmente e no coletivo usufruir disso, principalmente no sistema defensivo”, frisou.

REFORÇO

A equipe paraense terá no jogo contra o Gavião o volante Uchôa, que saiu da última partida contra o Treze-PB com um galo na cabeça, após uma jogada e Brigatti confirma a volta dele ao time.

“O Uchôa é um atleta fundamental no nossos elenco, contamos com ele. Graças a Deus ele não teve uma lesão séria, está apto para o jogo”, falou.

NOVA ARRANCADA?

Em 2014 quando Brigatti era auxiliar de Mazola Júnior, o Paysandu conseguiu uma arrancada rumo à classificação justamente com uma vitória diante do Treze-PB. Na última semana o Papão venceu o mesmo Treze e respirou na Série C, o treinador alviceleste espera relembrar o momento, que foi coroado com o acesso à Série B.

“Em 2014 a arrancada foi uma vitória em cima do Treze-PB na Curuzu, depois conseguimos mais quatro vitórias seguidas que nos colocou em uma situação de poder conseguir a classificação e o acesso frente ao Tupi-MG. A vitória contra o Treze lembra muito o que ocorreu em 2014, mas agora a competição é totalmente diferente, mas quem acredita em algo extra já começou e procuramos dar essa sequência dentro da competição”, relembrou.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES