De promessa a dispensado, goleiro tem chance de recomeço no Paysandu

Atleta carioca, hoje com 22 anos, está no Paysandu desde os 16

Redação Integrada

O Paysandu já tem a sua estreia marcada. É no dia 23 de janeiro, numa quarta-feira, contra o São Francisco, na Curuzu, em Belém. Quem ainda não tem data para estrear é o goleiro Paulo Ricardo. Formado nas categorias de base do Papão, o atleta espera ter a chance de  defender o Bicola em partidas oficiais pelo time profissional. Um recomeço à espera da oportunidade de escrever, nas memórias do clube, a história de sua própria redenção.

Após viver um período conturbado, sem chances na Curuzu, o goleiro foi emprestado ao próprio Bragantino para a disputa do Campeonato Paraense de 2018. No Tubarão do Caeté, o jogador se destacou. Foi um dos pilares do time que chegou até às semifinais do Parazão. Tendo inclusive pegado penâlti contra o Remo, grande rival dos bicolores. Paulo Ricardo tenta reviver momentos como esse para fazer valer a confiança depositada.

"Eu tive a oportunidade de jogar pelo Bragantino. Tive uma boa passagem lá. Então isso me ajudou muito quanto à experiência para poder contribuir com o grupo. Mas todo mundo começa do zero e todo mundo está atrás da oportunidade”, afirma o atleta que disputará com Mota, Douglas Silva e Afonso a vaga de titular no gol bicolor.

Paulo Ricardo surgiu para o futebol pouco depois de outra revelação do Paysandu: Yago Pikachu. E assim como Yago, que encantou a torcida bicolor e vem fazendo sucesso no Vasco da Gama, o goleiro vai se esforçando para receber sua oportunidade, e deixar o status de eterna promessa para escanteio. "A gente tem que sempre tentar corresponder. A gente foi tratado como promessa. Então é treinar para tentar virar realidade", finalizou.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!