Cigano, Shogun e Wilson Reis vencem em evento do UFC na Austrália

O Brasil teve bom aproveitamento no UFC Adelaide

Agência Estado

Os lutadores brasileiros Junior dos Santos, o Cigano, Mauricio Rua, o Shogun, e Wilson Reis venceram suas lutas no UFC Adelaide, em evento realizado na Austrália, na madrugada deste domingo. 

No evento principal da noite, Junior Cigano enfrentou o atleta da casa Tai Tuivasa. No segundo round, o ex-campeão peso pesado (até (até 120,2 Kg) aplicou knockdown com um soco no rosto do adversário e, em seguida, Cigano finalizou a disputa com um nocaute técnico. 

"Eu estou muito feliz. Sabia que ele seria um adversário difícil, mas não que seria tão difícil", disse o brasileiro logo após a vitória, a primeira por nocaute desde 2013. Cigano ainda chegou à primeira sequência de duas vitórias consecutivas desde que nocauteou os norte-americanos Cain Velásquez, em novembro de 2011, e Frank Mir, em maio de 2012, em duelos válidos pelos título dos pesos pesados do UFC. 

O adversário do ex-campeão do UFC Cigano entrou subiu ao octógono com a presença de representação de rituais aborígines, típicos do país. Já o brasileiro caminhou até a jaula ao som da música tema do filme Rocky Balboa, dividido entre aplausos da torcida brasileira e vaias do público local. 

Já Mauricio Shogun, que lutou no co-evento principal da noite, a qual antecedeu a luta de Cigano, também aplicou um nocaute técnico em um australiano, no terceiro round do combate contra Tyson Pedro. Com um cruzado de direita, o atleta brasileiro derrubou o rival e encerrou a disputa com golpes contra um oponente já caído no chão do octógono. 

"Eu treinei muito duro para essa luta. O Tyson Pedro é um lutador muito bom, completo, da nova geração, mas gosto de desafios", afirmou Shogun, que acredita precisar vencer mais um confronto para chegar a uma disputa de cinturão na categoria dos meio-pesados (até 92,9). Foi o quarto triunfo do curitibano nas últimas cinco aparições no octógono, mas ele não vencia desde março de 2017. 

O evento ainda contou com a vitória do brasileiro Wilson Reis, no card preliminar, contra o americano Ben Nguyen, por decisão unânime.

 

 

Mais Esportes