Maidana diz que River tem consciência tranquila e pede fim das polêmicas

"Eles viveram um episódio desagradável e esperamos que nunca mais aconteça", diz zagueiro

Agência Estado

Às vésperas da aguardada decisão da Copa Libertadores, as cenas de violência do último dia 24 ainda são assunto no River Plate e no Boca Juniors. Já em Madri, onde acontecerá a final neste domingo, o zagueiro Jonatan Maidana lembrou dos momentos posteriores ao ataque ao ônibus do Boca e garantiu que o River tem a "consciência tranquila".

Segundo Maidana, o River Plate agiu da melhor forma possível. Carlitos Tevez chegou a criticar os atletas do rival por supostamente não terem ido ao vestiário do Boca Juniors para averiguar o estado dos jogadores, mas, posteriormente, Pablo Pérez e Wilmar Barrios disseram que foram procurados por colegas do adversário.

"Estamos com a consciência tranquila. As coisas foram acontecendo, os jogadores deles já disseram que nós nos comunicamos e estávamos à espera. Agimos de boa fé, de boa maneira. Eles viveram um episódio desagradável e esperamos que nunca mais aconteça", declarou após o primeiro treino do River Plate em Madri.

Depois do apedrejamento ao ônibus do Boca Juniors e da suspensão da partida que seria realizada no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, a disputa entre os rivais foi para os bastidores. Enquanto o River Plate exigia realizar a decisão da Libertadores em casa, o adversário pedia o título à Conmebol e dizia que se recusaria a entrar em campo novamente.

A entidade, então, decidiu manter a realização da segunda partida, mas levá-la para Madri. Experiente, aos 33 anos, Maidana já esteve do outro lado quando atuou pelo Boca Juniors entre 2005 e 2008. Até por isso, pediu o fim das polêmicas e projetou uma final decidida apenas em campo. "Cada um sabe o que quer declarar. Estamos tranquilos por como agimos, como nos comportamos. Em todos os momentos, fomos solícitos. Não há porque criar mais polêmicas. Temos que jogar", comentou.

O River Plate fez um trabalho leve nesta quinta-feira no CT do Real Madrid. Recuperado de contusão, o atacante Scocco participou da atividade e pode aparecer na equipe neste domingo. Por outro lado, Nahuel Gallardo e Nacho Fernández treinaram em separado e são dúvidas para a decisão.

Esportes