Recorde de vitórias e muita emoção: Flamengo vence o Grêmio e bota mão na taça

Na raça, Rubro-negro bate gaúchos por 1 a 0 e pode ser campeão no próximo fim de semana, desde que o Palmeiras não vença a equipe de Renato Portaluppi em casa

Lance!

Com jeito de heptacampeão. Assim, em duelo frenético, com gol e expulsão de Gabriel, o Flamengo se segurou com um a menos no fim, e voltou a vencer o Grêmio em 2019, dessa vez por 1 a 0, em Porto Alegre. Com o resultado, o Rubro-negro pode ser garantir o título no próximo domingo, mesmo sem entrar em campo, desde que o Palmeiras não vença o próprio Tricolor gaúcho no Allianz Parque. 

O dia também foi de recordes. O Fla chegou a 25 vitórias, um recorde em uma única edição nos pontos corridos, e Gabigol fez seu 22º gol no campeonato, ultrapassando Zico como maior artilheiro rubro-negro em uma edição de Brasileiro. A equipe da Gávea vai cheia de moral para a decisão da Libertadores no próximo sábado, às 17h, contra o River Plate, no Monumental de Lima, no Peru. 

JOGO BOM
A finalização de Lucas Silva para a defesa fácil de Paulo Victor, após lançamento de trivela de Arrascaeta, no primeiro minuto, foi um aperitivo. Os times jogavam bem, chegavam muito às respectivas áreas adversárias, mas o Fla era mais perigoso. Aos 19, com novo passe refinado do uruguaio, Gabriel chutou quase da pequena área e o goleiro gremista pegou com as pernas. 

RECORDE 1
O Grêmio respondeu com chute forte de Cortez de dentro da área, que exigiu reflexo de Diego Alves. Justamente quando os gaúchos cresciam, porém, Gabriel cruzou rasteiro da grande área e a bola resvalou no braço aberto de Léo Moura. Pênalti. O próprio camisa 9 bateu com categoria, virando o pé no último instante e deslocando Paulo Victor, para tornar-se o maior artilheiro do Flamengo em uma edição de Brasileiro. 

CALMA, GABRIEL!
Para os segundo tempo, o Rubro-negro voltou mais retraído e o Grêmio pressionou. Após linda troca de passes, Pepê recebeu na grande área e tirou tinta do travessão rubro-negro. Aos 30 minutos, porém, Gabigol botou tudo a perder. O atacante, que já vinha mostrando irritação, provocou a torcida rival, recebeu amarelo e ironizou a marcação do árbitro. Assim, foi advertido novamente e foi expulso. 

RECORDE 2
Com um a mais, o Grêmio fez a blitz no campo de ataque e pressionou muito. Maicon e Everton, de longe, assustaram Diego Alves. Os gremistas chegaram a reclamar de uma mão de Renê na área, mas com grande atuação de sua defesa reserva, o Flamengo alcançou sua 25ª vitória no Brasileiro. 

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 X 1 FLAMENGO

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 17 de novembro de 2019, às 16h
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Manis (Fifa/SP) e Anderson José Coelho (SP)
Árbitro de vídeo: José Claudio Rocha Filho (SP)
Gramado: Bom
Público e renda: 28.541 pagantes, 30.980 presentes e R$ 1.175.820,00
Cartões amarelos: Alisson (GRE); Piris da Motta, Rodinei, Gabriel B. (2x) (FLA)
Cartões vermelhos: Gabriel B. 29'2ºT

GOLS: Gabriel B. 36'1ºT (0-1)

GRÊMIO
Paulo Victor; Léo Moura (Felipe Vizeu, 31'/2ºT), Geromel, David Braz e Cortez; Michel (André, 20'/2ºT), Maicon, Alisson, Tardelli (Pepê, intervalo) e Everton; Luciano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

FLAMENGO 
Diego Alves; Rodnei, Rhodolfo, Thuler (Rodrigo Caio, 39'/2ºT) e Renê; Piris e Diego (Vinícius Silva, 20'/2ºT); Lucas Silva (Everton Ribeiro, 10'/2ºT) e Arrascaeta; Reinier e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES