Jogador do Paysandu faz doação para ajudar na cirurgia de goleira

Helen está com miomas espalhados pelo corpo e precisa realizar cirurgia

Fabio Will

O futebol sempre esteve presente na vida de Helen Galvão, de 38 anos, moradora do bairro da pedreira. Goleira de várias equipes de pelada, ela passa por problemas de saúde e vai se afastar do futebol por um tempo, para a realização de uma cirurgia para a retirada de miomas.

Mãe de três filhos, a auxiliar de serviços gerais e também manicure trabalha no prédio onde mora o jogador Bruno Collaço, do Paysandu. Sem dinheiro para pagar a cirurgia que está marcada para a próxima quinta-feira (15), Collaço e sua esposa decidiram ajudar doando uma camisa para a realização de uma rifa.

“Sou assalariada e minha cirurgia custa R$2.500 e no momento não tenho nem a metade do valor. Estou com alguns miomas pelo corpo, sinto falta de ar, um deles está pressionando a minha bexiga. Por isso Bruno e a Dona Gabriela me ajudaram nesta causa. Eles são anjos em minha vida e posso dizer que fazem parte da minha família, não só pela ajuda, mas pelo laço que temos”, disse.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Taty Goleira (@helen_goleira) on

As rifas de uma camisa oficial do Paysandu autografada pelos atletas podem ser adquiridas no valor de R$10, com a própria Helen Galvão, pelas redes sociais ou pelo telefone 98130-8392. A o resultado será realizado no sábado (17), às 17h, no instagram.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES