Goleiro morre após defender pênalti com o peito em jogo na Argentina

Com apenas 17 anos, Ramón Coronel defendia o Club Unión de Golondrina, na Liga Norteña e faleceu com a pancada no peito

LANCE!

O futebol sul-americano está de luto. Durante uma partida da Liga Norteña, na Argentina, o goleiro Ramón Coronel, do Club Unión de Golondrina, faleceu durante uma disputa de pênaltis.

De acordo com a agência Télam, ao defender uma penalidade com o peito, o jovem de 17 anos levantou-se, comemorou a defesa e na sequência caiu desmaiado.

Ao perceber que o jovem não esboçava reação, atletas de ambas as equipes correram em sua direção e perceberam a gravidade do caso. Como não tinha ambulância no estádio, o pai do garoto levou o filho para o hospital, mas Ramón Coronel chegou sem vida.

Em contato com a imprensa, Eduardo Coronel, pai da vítima, reclamou da falta de estrutura na competição. “Não entendo como um jogo pode acontecer sem ambulância no local”, declarou.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!