Atacante do Paysandu faz paralelo entre Campeonato Paraense e Brasileirão Série C

Paulo Henrique falou sobre o tema nesta segunda-feira (14)

Andre Gomes

Um dia você é líder, invicto e com o melhor ataque e defesa do Parazão. No outro, você está eliminado graças à única derrota na competição estadual. Essa foi a realidade vivida pelo Paysandu no Campeonato Paraense de 2019. O atacante Paulo Henrique comentou na tarde dessa segunda-feira (15) sobre o tema.

"Futebol vive de momentos e no momento em que chegamos na parte decisiva [do estadual], tivemos um apagão de 15 ou 20 minutos que nos custou o campeonato. Mas agora é se redimir. Não temos outra opção a não ser a gente se fechar, se unir mais e focar na Série C, porque o Paysandu é grande demais para jogar a divisão que está e nós temos mais que obrigação que se classificar", comentou o centroavante.

No entanto, não há tempo para ficar se lamentando. O Papão estreia na terceira divisão já no dia 27 de abril, contra o Ypiranga-RS, em Erechim, Rio Grande do Sul. Segundo Paulo Henrique, há semelhanças entre as duas competições e cabe ao Paysandu evitar que o mesmo cenário do Parazão se repita no torneio nacional.

"A gente sabe que a Série C é a mesma coisa do Campeonato Paraense. Se fizer uma campanha irrepreensível e perder os dois primeiros jogos das quartas de finais, você vai ficar fora do acesso. Então vamos ficar atentos a esses detalhes e, depois de se classificar, fazer dois grandes jogos para garantir o acesso à Série B", finaliza o atacante.

Esportes