Danilo Gentili discute com Fabio Porchat após condenação

"Acho que o vídeo do Danilo Gentili é de péssimo gosto", afirmou Porchat

Agencia Estado

Após ser condenado a seis meses e 28 dias em regime inicial semiaberto por injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), o humorista Danilo Gentili discutiu com seu colega Fabio Porchat nas redes sociais na tarde desta quinta-feira, 11.

"Acho que o vídeo do Danilo Gentili é de péssimo gosto, agressivo, desrespeitoso, infantil, sem graça, desnecessário, equivocado... Mas daí ele ser preso por mandar uma pessoa enfiar um papel no c*, acho bastante autoritário e arbitrário, perigoso, inclusive", escreveu Fabio.

Na sequência, Danilo criticou o posicionamento tomado pelo ator: "A censura que estava no envelope, achou o que dela? Ignorarem o autoritarismo do envelope e pesar apenas na minha 'atitude infantil, sem graça, equivocada', achou o que disso? Eu deveria ter demonstrado respeito com o envelope?"

Pouco depois, veio a resposta de Porchat: "Acho que quando se parte pra ignorância, corre-se o risco de perder a razão. Ou, no mínimo, aliados. Ela está no direito dela, se sentiu ofendida. E foi. Apesar de achar as suas palavras à ela péssimas, acho que você tem o direito de dizê-las, e ser condenado à prisão é um exagero".

Ex-colega de Danilo Gentili no CQC, Rafinha Bastos publicou um vídeo opinando sobre o caso, afirmando que a situação tende a ser benéfica para o próprio humorista: "Agora o Danilo vai crescer em cima, vai sambar, e tá mais do que certo. Faz a festa, Danilo. Vai fazer clipe, vídeo, entra no programa algemado, faz mesmo, porque é isso. É burrice".

"Todo comediante (com grana no banco, obviamente), adoraria ter uma ocorrência dessas num momento como hoje, que a gente tá vivendo um processo de mudança política", concluiu.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!