Fábio Assunção tenta se tratar de dependência química em aldeia indígena no Acre

Ator foi visto em Rio Branco e fotos dele em aldeia indígena Yawanawá foram divulgadas

O ator Fábio Assunção foi até a comunidade indígena Yamanawá, no Acre, buscar tratamento para a dependência química. Um fã postou foto com o ator no desembarque do Aeroporto Internacional de Rio Branco, no início desta semana, e na quinta-feira, dia 7, o portal do Acre ContilNet divulgou fotos de Fábio junto com indígenas. 

A tribo é conhecida por ser um local que dependentes químicos buscam tratamento feito por meio de um ritual com o chá ayahuasca (também conhecido como Santo Daime), produzidos com plantas amazônicas.

De acordo com o jornal Extra, do Rio de Janeiro, o ator esteve num retiro espiritual numa aldeia indígena no Acre. Fábio chegou sozinho na Aldeia Morada Nova, localizada no município de Feijó, a 362 quilômetros de Rio Branco, na última quarta-feira, e participou por lá de um ritual com banho de ervas medicinais para limpeza do corpo. Ele também faz um tratamento com chá do ayahuasca e recebeu o rapé.

Fábio apareceu em fotos ao lado do cacique da aldeia, Carlos Brandão. O cacique disse ao ContilNet que Fábio em momento nenhum demonstrou tristeza e estava muito alegre, principalmente com as crianças. O ator teria dito ainda que queria conhecer a cultura da tribo. Fábio assumiu em entrevistas a dependência em drogas e que chegou a frequentar os Alcoólicos Anônimos (AA).

Cultura