Oscar anuncia novas regras para produções que irão concorrer à edição de 2020

Entre as principais alterações, estão a mudança de nome da categoria 'filme estrangeiro' e o aumento no número de indicados por melhor maquiagem e penteados

Agencia Estado

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou na terça-feira, 24, novo conjunto de regras do Oscar. Entre as principais alterações, estão a mudança de nome da categoria 'filme estrangeiro' e o aumento no número de indicados por melhor maquiagem e penteados. As regras passam a valer na edição de 2020.

A primeira mudança anunciada foi no prêmio de Melhor Filme de Animação. Até então, eram necessários oito filmes qualificados para ativar a categoria, o que não acontecerá mais. A votação das nomeações será automaticamente aberta a todos os membros ativos da filial de curta-metragens e animação.

Melhor Filme Estrangeiro passa a se chamar Melhor Filme Internacional. No anúncio, os diretores do Comitê Internacional de Longas-Metragens Internacionais Larry Karaszewski e Diane Weyermann afirmam que a mudança segue uma tendência da comunidade cinematográfica.

"O termo 'estrangeiro' está desatualizado. Nós acreditamos que Melhor Filme Internacional representa melhor essa categoria, promovendo uma visão positiva e inclusiva do cinema, e a arte do cinema como uma experiência universal", afirmaram. A lista de pré-candidatos passará a incluir 10 filmes.

A categoria 'Melhor maquiagem e penteados' cresceu. A partir de 2020, dez filmes serão pré-indicados para o prêmio, que nomeará cinco finalistas. Polêmica, a elegibilidade de filmes produzidos por serviços de streaming, como a Netflix, foi mantida.

Conhecido como Regra Dois, o critério de elegibilidade determina que, para concorrer a prêmios, um filme deve ter sido exibido durante pelo menos sete dias em um cinema comercial em Los Angeles, com pelo menos três sessões pagas por dia. Foi o caso de Roma, produzido pela Netflix e vencedor de Melhor Filme Estrangeiro no ano passado.

O 92º Oscar será realizado no domingo, 9 de fevereiro de 2020, no Dolby Theatre, em Hollywood.

Cinema