Efeito "Game of Thrones": Europa Central desponta como cenário para indústria cinematográfica

A paisagem repleta de castelos e campos deslumbrantes é um cenário ideal para séries com temas históricos e de fantasia

Reuters

É o tipo de manobra que pode fazer Tyrion Lannister, o astuto articulador de "Game of Thrones", sentir-se em casa.

Enquanto os gigantes do streaming Amazon, Netflix e Hulu se preparam para mergulhar em seus próximos sucessos do gênero fantasia e dramas distópicos, os países da Europa Central estão se esforçando para conseguir uma fatia de seus orçamentos de produção.

Equipes experientes, custos trabalhistas mais baixos e generosos incentivos de produção há muito tempo atraem cineastas internacionais para a República Tcheca e a Hungria, mas outros países da região estão entrando no jogo.

Tchecos e húngaros estão considerando aumentar seus incentivos depois que a Romênia aprovou um desconto de produção de até 45% em 2018 e a Polônia introduziu um desconto de 30 por cento em dinheiro, em fevereiro, para manter-se no ritmo de seus vizinhos.

Uma nova diretriz da União Europeia prevista para este ano também deve estimular investimentos, já que exigirá garantias de que ao menos 30 por cento do catálogo de plataformas de vídeo sob demanda para o público europeu sejam obras europeias.

"Esta é uma nova Era", disse Agnes Havas, executiva-chefe do Hungarian Film Fund, à Reuters, observando que a série "The Crown", da Netflix, e "Hanna", da Amazon Prime Video, foram rodadas na Hungria.

"O que vemos é que começamos com 30 por cento (de incentivos) e agora estamos olhando para os outros países da Europa e vamos avaliar a situação e ver se devemos pensar em elevá-la novamente no futuro".

O analista de mídia da Bitg Rich Greenfield estima que a Amazon gastará entre 5 bilhões e 6 bilhões de dólares em 2019 em conteúdo, enquanto o Netflix investirá 15 bilhões de dólares - com uma parte significativa do orçamento da Netflix fluirá para o exterior.

"Estamos cientes de que há uma mudança na produção global e você não pode ignorar as grandes empresas de streaming", disse Anna Dziedzic, da Film Commission Poland, à Reuters. Em 2018, a Netflix filmou "1983" no país, a primeira série polonesa original da empresa.

"Eles são um dos maiores jogadores agora. Você precisa se adaptar ao ambiente em mudança e é preciso ter isso em mente", disse Dziedzic à Reuters.

A Amazon e a Netflix se recusaram a comentar sobre seus planos na região.

Uma paisagem repleta de castelos e campos deslumbrantes faz da Europa Central um cenário versátil para espetáculos históricos e de fantasia, cada vez mais populares, que buscam lucrar com o sucesso de séries como "Game of Thrones".

"Chame isso de 'efeito Game of Thrones'. Muito disso é fantasia ou histórico, o que naturalmente gravita em torno dessa parte do mundo", disse David Minkowski, chefe de produção na Stillking Films, à Reuters.

"Não é só a arquitetura histórica fenomenal aqui (República Tcheca), mas também a vasta quantidade de adereços, figurinos e talentos locais que tornam mais barato e fácil de fazer esses tipos de série", afirmou Tomas Krejci, fundador das produtoras Milk and Honey Pictures e Prague Studios.

Cinema
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA