Drama e Musical, "Tinta Bruta" está no Líbero Luxardo

Documentário sobre Elza Soares é outro destaque entre as estreias no circuito alternativo da cidade, que tem entrada gratuita

O Liberal

A programação de filmes das sessões regulares de fim de ano do Cine Líbero Luxardo será aberta hoje. Serão exibidos seis filmes dos gêneros drama e musical. A entrada é gratuita para estudantes nas sessões de estreia. Também continuam em exibição as obras “Em Chamas”, “Tesnota”, “Uma Noite de 12 Anos” e “O Colar de Coralina”. As exibições inéditas são “Tinta Bruta”, que faz parte da Sessão Vitrine Petrobrás, e o esperado “My Name is Now, Elza Soares”, documentário sobre a trajetória da cantora brasileira.

“Tinta Bruta”, de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, foi o grande vencedor do Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro. A obra levou o prêmio de Melhor Filme, Melhor Roteiro para Filipe Matzembacher e Márcio Reolon, Melhor Ator para Shico Mengat e Melhor Ator Coadjuvante para Bruno Fernandes. Com produção da Avante Filmes, coprodução da Besouro Filmes e distribuição da Sessão Vitrine Petrobras, o filme teve estreia mundial no Festival de Berlim. 

O longa conta a história de Pedro (Shico Menegat), um jovem que tenta sobreviver em meio a um processo criminal, à partida de irmã e única amiga e aos olhares que recebe sempre que sai na rua. Sob o codinome GarotoNeon, Pedro se apresenta no escuro do seu quarto para milhares de anônimos ao redor do mundo, pela internet.

Com o corpo coberto de tinta, ele realiza performances eróticas na frente da webcam. Ao descobrir que outro rapaz (Bruno Fernandes) de sua cidade está copiando sua técnica, Pedro decide ir atrás do mesmo.

Segundo Filipe, o projeto foi inspirado em outra produção da dupla. “O filme surgiu de uma vontade de falar sobre despedidas, raiva e resistência. Inicialmente a narrativa veio de um curta-metragem nosso, ‘Quarto Vazio’, mas durante o processo de escrita muito se modificou”, afirma o diretor. 

Já o documentário “My Name Is Now, Elza Soares”, de Elisabete Martins Campos, mostra a cantora Elza Soares, ícone da música brasileira, numa saga que ultrapassa o tempo, espaço, perdas e sucessos. Elza e seu espelho, cara a cara, nua e crua, ao mesmo tempo frágil e forte, real e sobrenatural, uma fênix. Além das Sessões Regulares, o Cine Líbero Luxardo conta também com as sessões Cult, Cine Nerd, Maldita Cineclube, Cineliso, Vitrine Petrobrás, Projeto Janelas, Ópera na Tela e Animaclube.
 

Cinema