CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Na COP 27, Helder defende retomada de investimentos para proteção da Amazônia

O governador destacou o potencial do evento para reativar parcerias que possam fortalecer o desenvolvimento sustentável no Estado

Daniel Nardin

Em sua primeira fala na 27ª edição da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP 27, no estande do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, o governador do Pará, Helder Barbalho, destacou o potencial do evento para reativar parcerias que possam fortalecer o desenvolvimento sustentável no Estado. 

“Temos inúmeras possibilidades e necessidades. Seja com apoio para fortalecer o combate ao desmatamento, inclusive com aeronaves ou apoio para transição da economia, para fortalecer a estratégia de baixo carbono. Temos o desafio de consorciar a regularidade fundiária com a regularidade ambiental, valorizando nossa biodiversidade e nossa gente”, disse.

VEJA MAIS

Cerca de 300 pessoas visitam estande da Amazônia Legal na COP 27
A partir desta quarta-feira (9), governadores, secretários estaduais e ambientalistas vão apresentar ações

COP 27 inicia neste domingo com debate sobre mudanças climáticas
Lideranças globais participam do evento que vai até dia 18

Pará vai garantir R$55 milhões em recursos na COP 27, afirma Helder
Governador também selará compromisso de ressarcimento de créditos de carbono na conferência que ocorre em Cairo

Para Helder, o mundo precisa compreender que não basta “floresta em pé”, como tem se falado muito durante os últimos dias da COP 27.

“Precisamos de uma floresta em pé sim, mas uma floresta viva, com biodiversidade e com um olhar para sua gente. Vamos reativar mecanismos de financiamento, pois o Brasil tem compromisso e sabe do seu protagonismo e responsabilidade. Vamos entender as florestas como ativo, mas com importante olhar para as pessoas. A Amazônia é a solução para o Brasil e para o mundo”, disse.

Palavras-chave

COP 27
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!