Sespa já escolheu OS que vai administrar o Abelardo Santos

Após anular contrato com a Pró- Saúde alegando irregularidade na contratação, Sespa faz nova licitação. Contratato terá vigência de cinco anos e valor total chega a quase R$ 1 bilhão.

Rita Soares | Conexão AMZ

A Associação da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu foi a vencedora da licitação para gestão do Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci. Com capacidade para 369 leitos, a unidade estará entre as maiores do Estado. O contrato de gestão, que terá vigência de cinco anos, é estimado em R$ 182,9 milhões por ano, ou quase R$ 1 bilhão ao longo de 60 meses.  

O Hospital Abelardo Santos está no centro de uma polêmica entre a atual gestão de Helder Barbalho (MDB) e o governo anterior de Simão Jatene (PSDB), tendo como personagem central a OS Pró-Saúde que administra a maioria dos hospitais regionais do Pará. 
Escolhida para administrar o Abelardo Santos, em 2018, ainda na gestão passada, a Pró Saúde chegou a receber R$ 30 milhões antecipados, para equipar o hospital.   
No atual governo, contudo, a Pró-Saúde viu o contrato ser anulado.  A Secretária de Estado de Saúde justificou a medida afirmando que  houve irregularidades no processo de seleção da OS  
Sespa cancela contratação da Pró-Saúde para gestão de hospital em Icoaraci

Um novo processo licitatório foi feito, sem que a Pró-Saúde pudesse participar graças a uma mudança nas regras para atuação das Organizações Sociais de Saúde no Pará.  Em decreto publicado em fevereiro deste ano, o governo  passou a proibir que uma mesma OS administrasse mais de três hospitais. Como já tem oito contratos no Pará (o Abelardo Santos seria o nono), a Pró-Saúde seria automaticamente desclassificada da concorrência.
Governo muda regras para contratação de OS, mas contratos atuais continuam valendo

No momento, corre o prazo para eventuais recursos das derrotadas no certame. Só, então, o resultado poderá ser sacramentado. 
A Sespa informou, por meio de nota, que após assinatura do contrato, o atendimento no Abelardo Santos será implantando em duas etapas. Na primeira, serão oferecidos 269 leitos já instalados. Na segunda, haverá oferta de mais 100 leitos, somando 369. 

“Os valores pagos serão proporcionais à etapa de implantação, de acordo com o numero de leitos em funcionamento e a produção de serviços”, explicou a Sespa por meio de nota.

A previsão é de que o contrato seja assinado em agosto. O Hospital atenderá Urgência e Emergência em obstetrícia e receberá pacientes referenciados nas áreas de Pediatria, Neurologia e Nefrologia, Reumatologia. Terá atendimento 24 horas.

Conexão AMZ
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!